Weverton, após susto, busca fazer o que Marcos não conseguiu no Mundial – 11/02/2022 – Esporte

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


Minutos antes da esteia do Palmeiras no Mundial de 2021, na última terça-feira (9), o ex-goleiro Marcos publicou mensagem nas redes sociais dizendo-se nervoso. “Se vocês estão tensos, não imaginam como estou. Uma conquista dessas tiraria um peso que carrego há muitos anos. Aprendi a conviver, mas, no fundo, incomoda. Não tenho como fazer mais nada. Só torcer e orar.”

O ídolo alviverde, hoje com 48 anos, referia-se à falha que cometeu na decisão de 1999, no Japão, onde o time alviverde perdeu por 1 a 0 o título intercontinental para o Manchester United. Após cruzamento de Ryan Giggs da esquerda, o goleiro saltou e não achou a bola. Roy Keane a empurrou para o gol vazio.

Marcos permaneceu no Palmeiras durante toda a sua vitoriosa trajetória no futebol, mas nunca conseguiu a chance de disputar o título mundial pelo clube. “Passei a carreira tentando voltar e tentar me redimir de um erro e de uma dívida que tenho com nossa torcida”, disse o ex-arqueiro, que agora joga as suas fichas em Weverton.

É com o acriano de 34 anos que está a responsabilidade de defender a meta verde nos Emirados Árabes Unidos. Se não tem o apelo que o velho antecessor tinha com a torcida, fruto de seu carisma e de anos de dedicação a uma mesma camisa, ele é uma das referências do elenco e jogador de seleção brasileira.

“Ele vem sendo muito importante para o Palmeiras há vários anos. Fez defesas incríveis em diversos momentos por que passamos. É um goleiro excepcional”, disse o zagueiro Gustavo Gómez, que não hesitou quando questionado sobre qual jogador da posição escolheria: seu companheiro ou Mendy, do Chelsea, eleito melhor guarda-metas do mundo.

“Weverton, sem dúvida. Eu sei quanto ele trabalhou para estar onde está hoje. Ganhou duas Libertadores, está na seleção do Brasil. Ele é tão importante para nós”, elogiou o paraguaio, que colocaria o colega à frente de qualquer outro. “Não importa que nome você fale. Eu não trocaria o Weverton por nenhum goleiro.”

É com a confiança dos companheiros e dos torcedores que o atleta vai para um de seus jogos mais importantes. Nas semifinais, contra o Al Ahly, houve um susto. O brasileiro soltou uma bola fácil em chute fraco de fora da área. Sherif aproveitou, o que teria deixado o placar em 2 a 1 não fosse a intervenção do árbitro de vídeo.

Com a marcação tardia do impedimento, o Palmeiras manteve a vantagem de 2 a 0 sobre os egípcios e avançou à decisão. Diante do Chelsea, Weverton espera evitar nova falha do tipo para redimir Marcos e a torcida alviverde, ávida pelo título mundial.

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »