Existem os aliados de Abel Ferreira e Renato Gaúcho em seus clubes – 31/10/2021 – PVC


As vitórias do Flamengo sobre o Atlético e do Palmeiras contra o Grêmio darão dias de paz a Abel e Renato, depois de semanas difíceis. No ambiente interno, os conflitos são poucos.

Uma conversa com um dos líderes do grupo de jogadores do Flamengo ajuda a entender que Renato Gaúcho não é o vilão do jogo intuitivo, tanto quanto se fez parecer na última semana. “Ele é uma surpresa positiva.”

Quem sentencia será preservado no anonimato.

Está claro que seus treinos não são tão modernos como eram os de Rogério Ceni, mas a experiência de quem jogou muito tempo no exterior percebe:

“O Rogério tinha treinos diferentes, mas na correria do calendário, com jogos todos os dias, até os treinos mais refinados acabam diminuindo, pela necessidade de descanso. Jorge Jesus foi um dos melhores técnicos que tive, mas seus treinamentos eram extremamente simples. O que fazia diferença era que cada conversa, cada palestra, cada vídeo, era uma aula.”

Os líderes do time gostam do trabalho de Renato.

Não é possível o Brasil se conformar com o atraso, nem é o caso de fazer o inverso e condenar ao ostracismo todos os velhos hábitos. Andar para a frente é ampliar a cultura para os novos treinadores, não queimar os antigos.

É notável a diferença de organização do Flamengo. Jorge Jesus concentrava jogadores e provocava situações com mais atacantes do que defensores perto da bola. Ou com inversões do lado da jogada para forçar que os mais talentosos tivessem apenas um marcador pela frente. No um contra um, Gabigol, De Arrascaeta e Bruno Henrique decidem quase sempre.

Michael tem decidido, mas costuma ficar diante de dois marcadores. Renato é o técnico e, se falhar, a responsabilidade será de quem contratou. Se era um dos mais conceituados do país, avalizado por crítica e público no Grêmio, não passou a ser um dos piores por quatro partidas sem vencer. Nem tem de ser exaltado como o melhor, depois da vitória sobre o Atlético.

Isto também vale para Abel Ferreira. Há três domingos, o Palmeiras encerrou uma série de sete jogos sem vencer e iniciou sequência de quatro sem derrotas. No mesmo dia, o Flamengo empatou contra o Cuiabá e começou um período de duas derrotas e dois empates, até ganhar do Galo.

Daqui até a final da Libertadores, o Palmeiras terá seis compromissos e o Flamengo jogará outras oito vezes. Nenhum dos finalistas ganhará todas as partidas até viajar para Montevidéu. Os dois usarão o Brasileiro como preparação com a esperança de ocupar a melhor classificação possível.

Renato testou um novo 4-4-2 contra o Galo, com Éverton Ribeiro à direita, Michael pela esquerda e Bruno Henrique perto da área e de Gabigol. Falta o retorno de De Arrascaeta.

O Palmeiras tem feito a saída de jogo com Felipe Melo entre os zagueiros e liberado os laterais. Na frente, Rony dá largura ao campo pela direita e Piquerez à esquerda.

Por vezes, essa formação tira espaço do time no ataque, em vez de apenas abrir a defesa rival.

A futura presidente, Leila Pereira, confidenciou a correligionários que pretende manter Abel Ferreira. Ele tem contrato até dezembro de 2022. Alterna amor e ódio da torcida e imprensa. Quem decidirá o futuro gosta de seu trabalho.

A reação

Nem tudo é tática. Fábio Carille tinha apenas uma vitória antes da arrancada contra Fluminense e Athletico. No meio, a mudança de direção e Edu Dracena como diretor, aparando arestas do vestiário. Não existe milagreiro. Mas faltava falar a língua da bola no Santos.

Teste para Sylvinho

O retorno dos 100% de público à Neo Química Arena nesta segunda (1), contra a Chapecoense, será teste de paciência para Sylvinho. O Corinthians melhorou, mas não agride. O mérito do time é fazer um time de circulação e bons passes. A torcida vai querer mais evolução.


LINK PRESENTE: Gostou deste texto? Assinante pode liberar cinco acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original



Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »