Biscoito recheado de morango não tem morango, mas tem insetos na receita – 03/05/2022 – Cozinha Bruta

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


Interessante que as pessoas tenham ficado surpresas com a ausência de picanha no sanduíche McPicanha, do McDonald’s. Que tenham se estarrecido com a falta de costelinha no Whopper de costelinha do Burger King.

Eu não me surpreendi. A propaganda capciosa –quando não mentirosa– é a praxe, e não a exceção, na indústria de alimentos. Dá para enumerar centenas de casos, mas eu vou me ater a só um: os biscoitos recheados de morango.

Biscoitos, perdão, “sabor” morango. “Sabor” é uma palavrinha que funciona como salvo-conduto para estampar em embalagens e peças publicitárias ingredientes que passam longe da preparação do alimento em si. A lei permite.

O caso da bolacha de morango não se restringe a uma marca, mas a vários fabricantes. Vamos examinar suas listas de ingredientes.

A começar pela marca Bono, segundo um site da própria Nestlé:

“Farinha de trigo enriquecida com ferro e ácido fólico, açúcar, óleo vegetal, amido, gordura vegetal, leite em pó integral, sal, açúcar invertido, fermentos químicos bicarbonato de amônio, bicarbonato de sódio e fosfato monocálcico, emulsificante lecitina de soja, aromatizantes e corante natural carmim.”

Cadê morango? Não tem. E repare no último item da lista, “corante natural carmim”. Sabe de que se trata?

É uma tintura obtida da trituração da cochonilha, minúsculo inseto cujo extrato tem cor vermelha vibrante. Milhares de indivíduos são esmagados para fazer um punhadinho de corante alimentício. É assim há muito tempo e não tem nada de mais, mas a indústria odeia que tal informação fique em evidência.

É o suco de inseto que deixa o recheio da bolacha rosinha, não o morango que nunca esteve lá.

Passemos à marca Piraquê. Mesmíssima situação:

“Farinha de trigo enriquecida com ferro e ácido fólico, açúcar, gordura vegetal, soro de leite em pó, maltodextrina, açúcar invertido, extrato de malte, amido de milho*, sal, emulsificantes: lecitina de soja e estearoil lactilato de cálcio, aromatizantes, fermentos químicos: bicarbonato de sódio e fosfato monocálcico, corante carmim e antioxidante ácido cítrico.”

Agora vamos ao Oreo (Mondelez), que chama o recheio do biscoito de “milkshake de morango”. De novo, zero morango e muitos insetinhos:

“Farinha de trigo enriquecida com ferro e ácido fólico, açúcar, gordura vegetal interesterificada, óleo vegetal, cacau em pó, carbonato de cálcio, açúcar invertido, sal, fermentos químicos: bicarbonato de amônio, bicarbonato de potássio e bicarbonato de sódio, emulsificante lecitina de soja, aromatizantes, acidulante ácido cítrico e corante carmim.”

Situação idêntica nos biscoitos Renata (Selmi) e Adria (M. Dias Branco). Já deu para entender, né?

As marcas Negresco (Nestlé), Bauducco e Triunfo (Arcor) afirmam incluir morangos desidratados na receita.

(Siga e curta a Cozinha Bruta nas redes sociais. Acompanhe os posts do Instagram e do Twitter.)


LINK PRESENTE: Gostou deste texto? Assinante pode liberar cinco acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.



Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »