veterinária explica doença e tratamento – Gatices

amazon celulares maior Vision Art NEWS


Se você tem uma gata, é importante saber sobre como evitar o câncer de mama nas felinas. Afinal, elas têm oito tetinhas.

Mariana Teixeira, veterinária da Academia Matilha Brasil, explica que usar anticoncepcionais nas gatas para evitar que elas tenham filhotes pode aumentar em até três vezes a chance de elas desenvolverem neoplasia mamária.

Por outro lado, a castração ajuda a proteger as fêmeas contra a doença. “O ideal é castrar antes do primeiro cio ou logo após, pois diminui a incidência de câncer nas gatas em até 91%”, afirma Mariana.

Atualmente, a veterinária mostra no perfil do Instagram @pastorcampinas o tratamento de sua cadela Roxie, uma pastora alemã de seis anos que foi diagnosticada recentemente com câncer de mama.

Na entrevista abaixo, Mariana tira dúvidas sobre a doença.

Por que gatas desenvolvem câncer de mama? 
As gatas desenvolvem câncer de mama por conta dos hormônios sexuais, o estrógeno e a progesterona, que estimulam as células mamárias e podem provocar o surgimento do tumor.

Com que idade as gatas costumam ter câncer de mama?
Normalmente, o câncer de mama costuma aparecer em gatas a partir dos cinco anos de idade.

O que pode ocasionar câncer de mama em gatas? É verdade que o uso de anticoncepcionais é uma das causas? 
Gatas que fazem uso de anticoncepcionais costumam ter até três vezes mais chances de desenvolver neoplasia mamária do que as que não fazem o uso desse produto. Isso porque o principal princípio ativo dos anticoncepcionais mais utilizados em gatas é o acetato de medroxiprogesterona, que é um análogo sintético da progesterona. Sendo assim, o corpo acaba recebendo um maior nível desse hormônio, podendo a longo prazo gerar o câncer de mama.

Deixar de castrar gatas também é uma causa do surgimento do câncer de mama, pois o estímulo hormonal é contínuo a cada cio.

Então a castração influencia no surgimento da doença? Qual é a melhor idade para castrar?
Sim, a castração influencia muito no surgimento do câncer de mama, pois diminui a carga hormonal. O ideal é castrar antes do primeiro cio ou logo após, pois diminui a incidência de câncer nas gatas em até 91%.

A gata já ter tido filhotes influencia no surgimento de câncer de mama?
Se a gata não for castrada, não importa se ela teve filhotes ou não.

Como saber se minha gata tem câncer de mama? Existe uma forma do tutor observar isso? 
Normalmente, os tutores conseguem encontrar nódulos nas mamas ou pequenos caroços a partir de um carinho atento na região da barriga. Em caso de qualquer anormalidade, deve-se buscar um diagnóstico veterinário.

Outros sintomas que as gatas podem apresentar são perda de apetite, vômito constante, sangramento pelas mamas, rápida perda de peso, feridas nas mamas e incômodo quando o tutor acaricia a barriga.

No consultório veterinário, quais exames são feitos para detectar esse tipo de câncer? 
Quando o tutor leva a gatinha com suspeita de câncer de mama, o veterinário vai realizar uma consulta de rotina, avaliando o peso, aspecto do pelo, temperatura e avaliação dos sinais clínicos. Após avaliar toda a felina, ele vai palpar as mamas para ver se encontra algum nódulo.

Caso haja algum nódulo, o primeiro passo é a realização da citologia, que é o estudo das células daquele local. A citologia pode ser feita antes da cirurgia, porém o veterinário pode solicitar direto o exame de biópsia que, para ser realizado, é necessária a remoção da mama.

No caso da gata que já desenvolveu câncer de mama, como é o tratamento?
Após o nódulo ser retirado, a biópsia vai mostrar se o tumor é maligno ou benigno. A partir desta informação, o veterinário oncologista realizará o tratamento.

Se for benigno, a gata não precisará realizar nenhum tipo de tratamento. Porém, se forem encontradas células malignas, é necessária a realização de quimioterapia.

Existe cura? 
Sim. Se for retirado todo o nódulo, a chance do câncer voltar diminui. Porém, o é ideal acompanhar a cada seis meses para ver se não aparece novamente ou, se for maligno, se não ocorre metástase.

Os gatos machos também podem ter câncer de mama?
Sim, os gatos machos também podem ter câncer de mama, pois também possuem glândulas mamárias e hormônios femininos, mas em menor quantidade. Porém, a incidência é muito reduzida.

Siga o blog Gatices no TwitterInstagram Facebook.



Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

amazon computadores Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »