Varíola dos macacos: SP realiza curso online para orientar profissionais de saúde

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


A prefeitura de São Paulo realizou, na terça-feira (2), um curso online para capacitar 5,5 mil profissionais das secretarias municipais da Saúde e da Educação sobre os cuidados com a varíola dos macacos (monkeypox).  

De acordo com informações da Agência Brasil, o objetivo é atualizar a situação da doença na cidade e orientar os profissionais para medidas de prevenção, transmissão, notificação e isolamento, seguindo as diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde (MS). 

publicidade

shutterstock 2161975791 Vision Art NEWS
Varíola dos macacos: SP realiza curso para orientação de profissionais da saúde. Imagem: Halfpoint/Shutterstock

“Nosso serviço de vigilância está comunicando toda a população e capacitando profissionais de saúde para o enfrentamento da doença. Nossa atenção também está voltada para as crianças. Apesar da baixa letalidade no público adulto, ainda não sabemos como a monkeypox se desenvolve no público infantil”, explicou o secretário municipal da Saúde, Luiz Carlos Zamarco. 

De acordo com as informações da prefeitura, desde os primeiros alertas da OMS para a doença, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) instituiu protocolos para o atendimento dos casos suspeitos em serviços de saúde públicos e privados. 

Leia mais!

“São considerados suspeitos de infecção pela doença os indivíduos de qualquer idade que a partir do dia 15 de março deste ano tenham apresentado início súbito de erupção cutânea aguda, única ou múltipla, em qualquer parte do corpo, incluindo a região genital. Pode ou não estar associada com febre, dor nas costas e dor de cabeça, entre outros sintomas. Também deve ser levado em conta o histórico de viagem a um país endêmico ou países com casos de monkeypox nos 21 dias anteriores ao início dos sinais e sintomas, além do contato com pessoas que tenham viajado a esses locais”, alertou a prefeitura. 

Pessoas com histórico de contato íntimo com desconhecidos ou parceiros casuais nos últimos 21 dias anteriores ao início dos sintomas também serão consideradas. 

O curso completo pode ser visto no canal do YouTube da cidade de São Paulo.  

Varíola dos macacos em São Paulo 

Até o momento, foram registrados 879 casos de varíola dos macacos na capital. Três casos são em crianças, sendo um menino de 4 anos e duas meninas de 6 anos, e dez adolescentes de 10 a 19 anos. 

Até domingo (31), o Brasil registrava 1.342 casos da doença, de acordo com dados do Ministério da Saúde. A pasta confirmou a primeira morte pela infecção no país na última sexta-feira (29). Outras duas mortes relacionadas ao vírus foram relatadas na Europa.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal! 

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEPTAR
Aviso de cookies
Translate »