Vacina contra o envelhecimento tem resultados promissores em testes

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


Pesquisadores da Universidade Juntendo de Tóquio, no Japão, estão trabalhando em uma nova vacina que pode impedir o crescimento das chamadas células senescentes em camundongos. Essas células são um elemento importantíssimo para o processo de envelhecimento.

A nova pesquisa, que foi publicada na revista Nature Aging, uma divisão especializada em estudos do envelhecimento da revista Nature, analisou células senescentes, que foram chamadas de “células zumbi” pelos pesquisadores. A intenção da equipe é identificar uma forma de desacelerar seu acúmulo.

publicidade

Essas células são encontradas em tecidos que pararam de crescer, mas, ao mesmo tempo, se recusam a morrer. Elas também têm a tendência de liberar algumas substâncias químicas que causam inflamação nas células vizinhas, “infectando” todas as células com as quais entram em contato.

Redução da senescência

Esse processo, que é conhecido como “senescência”, acontece por uma série de fatores. Porém, no geral, o que causa esse processo é a passagem do tempo, ou, em outras palavras, o envelhecimento. Com isso, a eliminação dessas células, já provocou atraso em doenças associadas ao envelhecimento.

O novo estudo foi baseado em pesquisas anteriores que já haviam descoberto que a eliminação de células senescentes atrasa as doenças que aceleram o envelhecimento. Com isso, foi possível desenvolver uma espécie de vacina experimental baseada em um peptídeo.

Vacina teve outros efeitos positivos

shutterstock 1291601116 Vision Art NEWS
Testes em camundongos foram bastante promissores. Crédito: Arquivo/Shutterstock

Durante os estudos, a vacina foi administrada em camundongos que sofriam de uma condição de alargamento arterial, algo que também acontece durante o envelhecimento dos humanos. Segundo os pesquisadores, os resultados da vacina foram bastante promissores e foram além da prevenção ao endurecimento arterial.

A aplicação da vacina também prolongou a vida de camundongos que sofriam de envelhecimento precoce. De acordo com o líder da pesquisa, Toru Minamino, no futuro, algo semelhante a esta vacina experimental pode ser usado em humanos contra o enrijecimento arterial, diabetes e outras “doenças do envelhecimento”.

Leia mais:

Apesar de serem bastante promissores, na melhor das hipóteses, os resultados são preliminares, e ainda será necessário avançar muito para ter uma “vacina contra o envelhecimento”. Porém, isso pode representar que no futuro as doenças relacionadas à idade sejam mais facilmente tratáveis.

Via: Futurism

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »