Um drinque para comemorar o Dia Mundial do Gim, que é celebrado neste sábado – 10/06/2021 – Daniel de Mesquita Benevides


“Todos os dias exercito o autocontrole: nunca bebo nada mais forte do que gim antes do café da manhã.” O autor dessa e de outras frases espirituosas parecia um personagem de desenho animado, com seu capiloso nariz em forma de bola.

Por trás do aspecto caricato, porém, W.C. Fields podia ser um sóbrio comentarista de seu tempo. Para Woody Allen, era um gênio da comédia. Bêbado mais famoso dos filmes antigos, foi malabarista antes de estourar nas telas. Trocou a arte do equilíbrio pela corda bamba do álcool.

Era um poeta, a seu modo. “Minha maior ambição como jardineiro é regar as laranjeiras com gim, assim bastaria espremer as laranjas num copo”, o que atraía a admiração dos surrealistas. Max Ernst pintou quadros inspirados em sua figura rotunda, cuja dieta —Fields dizia— limitava-se às azeitonas do dry martini.

Outro popstar do vaudeville é Frank Fogarty, o Menestrel de Dublin. No começo da Lei Seca, por volta de 1920, criou ou inspirou o coquetel last word. Ás dos monólogos teatrais, hipnotizador de platéias, Fogarty esmerava-se no efeito catártico da palavra final, daí o nome.

Como quase todos os drinques da época, coloridas combinações de licores, bitters e temperos de cozinha, o last word era feito na medida para disfarçar a má qualidade da bebida de base —no caso, o gim caseiro, produzido em banheiras de metal, onde se misturava álcool de cereais com água e óleo de zimbro.

Era mais simples do que falsificar uísque, daí a preferência nos chamados anos loucos. Pode-se ver James Cagney, gângster-mor de Hollywood, preparando seu gim fake em “The Roaring Twenties”, para vendê-lo aos speakeasies, bares clandestinos, onde tudo acontecia, inclusive beber (Os Simpson, claro, também usariam banheiras como alambiques, num episódio em que o álcool é proibido em Springfield).

Moralistas faziam cruzadas contra o gim, a “ruína das mães”. Al Capone, impávido, respondia: “Quando vendo bebidas, é contrabando. Quando são servidas numa bandeja de prata, é hospitalidade”.

Desde 2009 é comemorado o Dia Mundial do Gim no segundo sábado de junho. Neste ano, cai em nosso Dia dos Namorados. O World Gin Day começou em Birmingham, cidade industrial na Inglaterra, berço do Black Sabbath e dos Peaky Blinders, gangue pré-punk da série da BBC.

Thomas Shelby (o belo Cillian Murphy), chefão da família cigana, identificada pelas lâminas costuradas nas boinas, expande seu negócio de apostas e passa para o contrabando de bebidas.

Numa cena, ele oferece uma taça de gim e sentencia, com seu tom firme e melancólico: “É a melhor coisa para curar a tristeza”. Churchill, que também aparece no seriado, e é presença constante nesta coluna, iria além: “O gim salvou mais vidas inglesas do que todos os médicos do Império”.

Cantado por rappers e rockers, em parte por causa da irresistível rima com a palavra inglesa sin (pecado), o gim ganhou adeptos no Brasil, especialmente na última década. Seguindo a onda das cervejas artesanais, muitos pequenos produtores começaram a destilar a bebida em fazendas de Minas e São Paulo. Amázzoni, Arapuru, IVY e Virga são algumas das boas marcas nacionais que estão nas gôndolas físicas e virtuais.

A palavra final fica para T.S.Eliot. Perguntado de onde vinha sua inspiração, disse: “Gin and drugs, dear lady, gin and drugs”.

LAST WORD

Ingredientes​

  • 30 ml de gim
  • 25 ml de Luxardo Maraschino
  • 25 ml de Chartreuse Verte
  • 25 ml de suco de limão

Passo a passo

Bata os ingredientes com gelo e coe numa taça coupe gelada. Finalize com duas cerejas marrasquino.


LINK PRESENTE: Gostou desta coluna? Assinante pode liberar cinco acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original



Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »