Tenista tcheca Voracova deixa Austrália após ser detida como Djokovic – 08/01/2022 – Esporte

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


A tenista tcheca Renata Voracova, 38, deixou a Austrália neste sábado (8) depois do cancelamento de seu visto por motivos sanitários, anunciou uma fonte governamental.

Voracova estava no mesmo centro de detenção que o sérvio Novak Djokovic, ambos proibidos de entrar no país já que não cumpriram com as condições impostas na luta contra a Covid-19.

A tenista tcheca, que atualmente ocupa a 81ª posição do ranking de duplas da WTA (Associação do Tênis Feminino), pegou um voo na cidade de Melboune na noite deste sábado na Austrália (manhã em Brasília).

Voracova estava na mesma situação que Djokovic. Ela não apresentou comprovante de vacinação contra a Covid-19 e recebeu uma isenção da Federação Australiana para que pudesse disputar o Aberto da Austrália, que começa no dia 17 de janeiro. A atleta contraiu o vírus no final do ano passado.

Mas, assim como aconteceu com o número um do mundo, autoridades barraram sua entrada no país, considerando que o motivo da sua isenção não cumpria as condições de entrada no território australiano durante a pandemia.

Em entrevista aos jornais tchecos DNES e Sport nesta sexta-feira (7), Voracova contou sua experiência no centro de detenção.

“Estou em uma sala e não posso ir a lugar nenhum”, disse Voracova. “Não consigo abrir a janela mais do que alguns centímetros”.

“Há guardas por toda parte, inclusive abaixo da minha janela, o que é muito engraçado. Talvez eles pensem que vou pular e fugir”, acrescentou.

Na sexta, o governo tcheco emitiu uma nota de protesto e disse que buscaria mais informações sobre o caso, mas informou que a atleta não pretendia apelar para permanecer na Austrália, como fez Djokovic.

“Renata Voracova decidiu desistir do torneio e deixar a Austrália devido às possibilidades limitadas de treinar”, afirmou o Ministério das Relações Exteriores da República Tcheca em um comunicado.

Djokovic também não apresentou comprovante de vacinação e continua alojado em hotel usado pela autoridade migratória australiana em Melbourne.

Neste sábado, seus advogados relataram que autoridades fronteiriças da Austrália detiveram o tenista por oito horas no aeroporto, onde ele passou a maior parte do tempo incomunicável, antes de cancelarem seu visto e enviá-lo a um centro de detenção.

Assim como Voracova, seus representantes afirmaram que o atleta obteve uma isenção para não se vacinar contra a Covid-19 por ter recebido resultado positivo para o vírus. O teste do sérvio foi feito em dezembro.

A entrada de estrangeiros na Austrália está proibida, com poucas exceções. Os viajantes que conseguirem um visto devem ter um esquema de vacinação completo contra a Covid-19 ou uma licença médica.

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »