Tartaruga-mordedora e cobra dos EUA são encontradas no interior de SP – 24/09/2021 – Bichos

amazon celulares maior Vision Art NEWS


São Paulo

A Polícia Militar Ambiental apreendeu na última semana dois animais exóticos na região de Presidente Prudente, no interior do estado de São Paulo. A primeira foi uma cobra de uma espécie originária dos Estados Unidos e a segunda, uma tartaruga-mordedora.

A tartaruga-mordedora (Chelydra serpentina) foi encontrada nesta quarta-feira (22). O animal foi o segundo da espécie encontrado na cidade, o primeiro foi achado há menos de um mês, próximo de uma repesa na zona rural de Presidente Prudente.

O réptil é originário das Américas do Norte e Central, e tem a mordida mais forte que a de um leão. O animal foi encontrado após um homem realizar a entrega voluntária do animal que era mantido em cativeiro, em uma chácara na zona sul da cidade.

O homem informou que não tinha conhecimento sobre a origem do animal, e que havia ganhado de outro homem que faleceu há cerca de 10 anos. “A Polícia Ambiental está averiguando se há outras tartarugas doadas por essa pessoa, ou vendidas por ela também”, diz em nota.

Segundo a Polícia, o homem teria entregado a tartaruga devido à repercussão do encontro do outro réptil. “A Polícia Ambiental vai averiguar se há relação entre as duas tartarugas-mordedoras, já que elas estavam na mesma região da cidade e em localidades próximas, a uma distância de aproximadamente 6 quilômetros.”

A cobra foi encontrada nesta terça-feira (21), após a Polícia Militar Ambiental receber uma solicitação de um funcionário de uma empresa de transportes comunicando haver encontrado um filhote do animal. Se tratava de uma Cobra-do-Milho (Pantherophis guttatus), comumente reproduzida para o comércio de pets nos Estados Unidos.

O animal possui um temperamento dócil, e possuem diversas variações de cores, devido a reprodução em cativeiro. A Polícia informa que se uma pessoa estiver transportando ou mantendo uma cobra desta espécie, sem possuir nota fiscal, a atitude será considerada crime ambiental, “por introduzir uma espécie no território do Estado de São Paulo sem licença expedida pela autoridade competente, com multa de R$ 2.000,00 mais R$ 200,00 de acréscimo por unidade”.

Segundo informações da Polícia, a cobra e as duas tartarugas foram encaminhada para o Hospital Veterinário da Cidade da Criança na cidade, para receber os cuidados de profissionais.

Em nota encaminhada ao F5, a Polícia Ambiental reforça que “a posse de animais silvestres, quando não são comprados de um vendedor legalizado, configura infração ambiental e até mesmo crime. A entrega voluntária de animais, a entrega espontânea dos animais, isenta a pessoa dessa responsabilização, isso está previsto em lei”.

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

amazon computadores Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »
%d blogueiros gostam disto: