Software expira e homem que se casou com holograma fica “viúvo”

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS



holograma

Imagem: Redes sociais/Reprodução

Não está fácil para os românticos. Esta semana, um homem que se casou com um holograma de uma boneca foi forçado a se separar dela após o sistema que a mantinha “viva” expirar.

O japonês Akihiko Kondo, se casou há quatro anos, em 2018, com o holograma animado chamado Hatsune Miku. Mas assim como alguns casamentos da vida real, Kondo acabou “viúvo”.

O casamento entre Kondo e Miku aconteceu em uma cerimônia para 40 convidados, que, na época, custou 2 milhões de ienes — cerca de R$ 76,3 mil.

O casório não foi só alegria, já que não contou com os pais do noivo que desaprovaram a união e não aceitavam Miku como nora. O caso foi tão curioso que repercutiu no mundo inteiro.

O fato é que a união não teve validade legal: foi emitido apenas um certificado simbólico pela empresa Gatebox, responsável pelo holograma.

Veja o vídeo do casamento:

Para interagir com sua amada, o homem usava dois métodos. O primeiro, através de um urso de pelúcia, que recebeu a aliança durante a cerimônia e fazia companhia para dormir.

E o segundo, que era mais complicado, o obrigou a desembolsar cerca de R$ 10 mil em um aparelho de mesa que projetava a boneca, junto a comandos de inteligência artificial captados por voz.

Com isso, ele recebia o “bom dia”, “Até logo!” e outros diálogos afetivos ao longo do dia.

Fim do casamento

A união chegou ao fim devido ao encerramento do suporte, anunciado pela fabricante, que não lançará mais atualizações e desativará a boneca Hatsune Miku do pacote de projeções.

Em seu Twitter, o agora viúvo falou sobre amar personagens em 2D, como aconteceu com ele e encorajou as pessoas a assumirem esse sentimento.

“Se você se apaixonar com um personagem 2D, isso não é uma coisa ruim. Se você realmente está apaixonado por um personagem 2D, não minta para si mesmo. Eu respeito seus sentimentos. E você tem uma companhia que lhe entende. Você deve ter orgulho do seu amor por personagens 2D”, disse ele nesta terça-feira (3).

Esse não é o primeiro caso de casamento entre homem e holograma no Japão — longe disso, na verdade. A Gatebox emitiu outros 3,7 mil certificados de casamentos “multidimensionais”. Outro fato curioso é que algumas empresas japonesas, inclusive já concedem benefícios para funcionários casados com personagens 2D há cinco anos.



Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »