Rebeca Andrade leva medalha de ouro no Brasileiro de ginástica – 01/10/2021 – Esporte


Dois meses depois de conquistar um ouro e uma prata nas Olimpíadas de Tóquio, Rebeca Andrade teve as melhores notas na disputa do Campeonato Brasileiro de Ginástica Artística, que está sendo realizado em Aracaju (SE). A campeã olímpica ficou em primeiro em todos os aparelhos nesta sexta-feira (1º) e totalizou 57.950 pontos.

Ela conquistou a medalha de ouro no individual geral, seguida por Lorrane Oliveira, também do Flamengo, que somou 52.350 e levou com a prata. O bronze foi de Christal Bezerra, da Adeco, com 51.700.

“Depois de dois meses das Olimpíadas, eu acho que eu fui muito bem. Adorei voltar a competir com as meninas”, disse Rebeca, que também levou o ouro por equipes, pelo Flamengo. As finais por aparelhos serão realizadas no domingo (3).

Para Rebeca, todos os resultados refletem sua dedicação nos treinos. “Tenho acompanhamento psicológico, tenho meu treino físico, não adianta não treinar mesmo num dia em que você esteja cansada. É muita preparação, é muito treino. Eu queria chegar ao Brasileiro e fazer boas apresentações. Fiz o melhor que eu podia”, afirmou.

Nos Jogos de Tóquio, Rebeca conquistou o ouro na disputa do salto e a prata no individual geral. Ela é a primeira brasileira a ganhar duas medalhas na mesma edição olímpica. De 18 a 24 de outubro, ela estará de volta ao Japão para disputar o Mundial de Kitakyushu.

A campeã será a única representante do país no feminino. Segundo a programação da Confederação Brasileira de Ginástica, ela será inscrita nos quatro aparelhos. No masculino, os representantes brasileiros serão Arthur Nory, Caio Souza e Luís Porto.

O Campeonato Brasileiro de Ginástica Artística Adulta e Infantil reúne um total de 128 atletas no ginásio Constâncio Vieira, em Aracaju.

A disputa em Sergipe marca a volta de Jade Barbosa aos campeonatos. Depois de dois anos tratando duas lesões no joelho, a atleta dona de duas medalhas em Mundiais voltou a competir e tem como seu principal objetivo disputar os Jogos Olímpicos de Paris, em 2024.

Retornando gradativamente, ela se apresentou em dois aparelhos nesta sexta. Obteve 13.200 pontos nas barras e 13.000 na trave.

“Eu gosto muito do Brasileiro porque ele nos prepara e dá experiência. Para mim, foi mais uma experiência de vida, por voltar a competir depois de dois anos. Eu estou muito feliz com a minha série”, disse a ginasta. “Eu ainda não estou 100% do joelho, mas me sinto muito bem fisicamente.”

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »