Raposa é criada como cachorro, foge de casa e mobiliza autoridades no Peru

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


Run Run cresceu como um cachorro normal em uma casa de Lima, no Peru. Mas, com o tempo, passou a perseguir galinhas e patos, irritando vizinhos. E, então, ficou claro: o “cachorro” era, na verdade, uma raposa andina.

A família afirma que não sabia. O filhote foi comprado no centro da cidade, como sendo um husky siberiano.

A mãe do adolescente responsável pela negociação disse à América Televisión que o animal parecia um cachorro, comia como um cachorro, mas que, quando cresceu, “percebeu que não era um cachorro”.

O problema é que Run Run fugiu de casa, e autoridades iniciaram uma busca na região do bairro Comas, onde o animal, de aproximadamente oito meses, continuava se alimentando dos bichos dos vizinhos.

Nesta terça (9), o Serviço Nacional Florestal informou que Run Run foi localizado e capturado. Ele passa bem e deve ficar em um zoológico.

De acordo com o governo, pelo fato de ter sido criado como um cachorro, não tem condições de ser devolvido à natureza.

Imagens mostraram que o animal tem aparência dócil. No entanto, durante as buscas, a orientação foi não perturba-lo, já que, ao se sentir ameaçado, poderia se tornar agressivo, de acordo com a AFP.

O Serviço Florestal alertou que o caso de Run Run se trata de tráfico ilegal e advertiu a população para não comprar nem vender animais silvestres porque, além de danos à fauna, muitos deles sofrem maus-tratos e morrem nesse processo —e também podem colocar a família em risco.

*

Siga o Bom Pra Cachorro no Facebook, no Instagram ou no Twitter.

Quer ver a história do seu pet publicada ou quer sugerir reportagem? Mande para [email protected]  ou marque no Instagram



Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »