Quentin Tarantino precisou cortar cena favorita de Era Uma Vez em… Hollywood; entenda · Rolling Stone


Segundo Tarantino, a cena era fantástica e, provavelmente, também era o momento favorito de Leonardo DiCaprio

Vitória Campos (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 05/07/2021, às 20h25

Considerado como uma carta de amor de Quentin Tarantino aos anos 1960 em Los Angeles, Era Uma Vez em… Hollywood (2019) se tornou um filme querido pela crítica e público. Mesmo com o sucesso, o diretor revelou como ficou triste ao precisar cortar sua cena favorita. 

Em entrevista ao Cinema Blend, Tarantino explicou qual foi seu momento preferido do filme, mas que apareceu na versão final: uma cena na qual Rick Dalton (Leonardo DiCaprio) e Trudi Fraser (Julia Butters) conversavam ao telefone de maneira muito emocionante. 

+++ LEIA MAIS: Qual nome Quentin Tarantino usaria se começasse carreira do zero?

“Essa foi a minha cena favorita do roteiro. Então, a ideia de como isso não estaria no filme era incompreensível. Acho que foi, provavelmente, a cena favorita de Leo [DiCaprio]. Estávamos chorando. Foi a única vez… Fiquei com os olhos turvos de vez em quando quando estava filmando esta cena… Ficamos muito orgulhosos dessa sequência,” confessou o diretor. 

Após isso, Tarantino explicou o motivo de precisar cortar a tão querida cena: parecia o final do filme. Para ele, mesmo sendo fantástica, a cena se assemelhava ao desfecho do longa, tornando impossível retornar à trama e a história do Rancho Spahn após ela. 

+++ LEIA MAIS: O que não vai faltar no último filme de Quentin Tarantino? Diretor responde

Devido a longa carreira como diretor, Tarantino está acostumado a precisar cortar diversos momentos especiais de filmes. Era Uma Vez em… Hollywood possui 2 horas e 40 minutos de duração, então, provavelmente, várias outras sequências não devem ter ido para a versão final. 

“Isso acontece muito nos filmes. Você deixa cair cenas que são realmente fantásticas. Mas uma linha do tempo se impõe ao corte. E se ficar fora dessa linha do tempo, não importa o quão bom seja, tem que ir,” acrescentou Tarantino.

+++ LEIA MAIS: Quentin Tarantino rebate críticas sobre cena de Bruce Lee em Era Uma Vez em… Hollywood: ‘Chupem um p**’


+++ OS 5 DISCOS ESSENCIAIS DE BOB DYLAN | ROLLING STONE BRASIL

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original



Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »