Presidente da Ucrânia diz ter descoberto plano de golpe contra ele envolvendo russos – 26/11/2021 – Mundo

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


O presidente da Ucrânia, Volodimir Zelenski, disse nesta sexta (26), em entrevista coletiva, ter descoberto um plano de golpe de Estado com participação de russos programado para ocorrer na semana que vem.

O líder ucraniano não deu detalhes nem acusou o governo russo de envolvimento, ainda que tenha destacado a ameaça de escalada militar do Kremlin —segundo ele, a Ucrânia estaria pronta para isso.

A Rússia prontamente negou qualquer papel numa ação conspiratória e afirmou não ter a intenção de participar de atos do tipo. Nas últimas semanas, Moscou aumentou o número de tropas na fronteira com a Ucrânia, o que disparou manifestações de Kiev, EUA e Otan, a aliança militar ocidental, quanto a um eventual ataque russo —uma sugestão classificada pelo Kremlin de falsa e alarmista.

A Casa Branca, por exemplo, por meio do secretário de Estado Antony Blinken, disse temer a repetição de 2014 —quando, reagindo ao golpe que derrubou o governo pró-Moscou em Kiev, a Rússia anexou a Crimeia e fomentou a guerra civil que fez do leste ucraniano uma terra regida por separatistas.

“Temos desafios não só da Rússia e de uma possível escalada —temos grandes desafios internos. Recebi informação que um golpe de estado aconteceria em nosso país entre 1º e 2 de dezembro”, disse Zelenski, que acrescentou que a Ucrânia tem registros de áudio como evidência dos planos de golpe.

Moscou e Kiev trocam acusações devido ao aumento das tensões nas últimas semanas, o que fez crescer o temor de que o conflito entre a Ucrânia e os separatistas apoiados pela Rússia possa explodir em uma nova guerra aberta. “Estamos em total controle das nossas fronteiras e completamente preparados para qualquer escalada”, afirmou Zelenski.

O chefe da inteligência militar da Ucrânia disse ao site Military Times na semana passada que a Rússia tem mais de 92 mil tropas concentradas em torno das fronteiras do país e estaria preparando um ataque para o fim de janeiro ou para o começo de fevereiro. O Kremlin não nega e diz que como posiciona suas forças é problema seu, mas voltou a negar que tenha intenção de atacar o vizinho.

A Ucrânia, que busca integrar a Otan, recebeu uma grande remessa de munições dos EUA e de mísseis Javelin no início deste ano, gerando críticas de Moscou. Zelenski disse também que o seu chefe de gabinete, Andriy Yermak, em breve entraria em contato com autoridades da Rússia sobre o impasse entre os países. Separadamente, Yermak disse que falaria com o oficial sênior do Kremlin Dmitry Kozak.

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »