Segurança e Privacidade

Polícia Federal usa arma anti-drone durante a posse de Lula; saiba como funciona

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


A Polícia Federal utilizou uma arma especial para derrubar drones durante a cerimônia de posse do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) que aconteceu no último domingo (1).

Segundo a Folha de São Paulo, foram derrubados quatro drones que sobrevoavam a área pelas autoridades policiais.

publicidade

Leia mais:

Durante a cerimônia de posse, um forte esquema de segurança foi implementado pela PF a fim de evitar qualquer tipo de atentado contra o presidente. Esse esquema inclui a proibição de drones na região da Esplanada dos Ministérios.

A arma utilizada pelos agentes foi a DroneGun, da empresa australiana DroneShield. O dispositivo utiliza uma tecnologia que emite um sinal de radiofrequência capaz de cortar o sinal dos drones em mais de um quilômetro de distância, independente da marca ou modelo que está sendo utilizado.

Dronegun
DroneGun(Imagem: Divulgação/ DroneShield)

Outra funcionalidade da DroneGun é o bloqueio de carga útil que impede que os drones liberem explosivos e interrompe imediatamente a transmissão de vídeos que gravados pelo controlador dos aparelhos de voo.

A Drone Shield descreve que a arma antidrone conta com uma tecnologia Integrated Directional Antennas, ou Antenas Direcionais Integradas, que possibilitam a transmissão de sinais de diversas frequências utilizadas pelos drones.

Imagem destaque: Imagem: Carl de Souza/AFP

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEPTAR
Aviso de cookies
Translate »