Os próximos filmes do universo do Homem-Aranha na Sony

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


A vida de Peter Parker (Tom Holland) pode ficar bem complicada; o estúdio já confirmou mais dois filmes no mundo do Cabeça de Teia

As críticas parecem não afetar a Sony Pictures. A recepção negativa de Venom (2018) e Morbius (2022) não alterou os planos do estúdio. Enquanto tem os direitos do Homem-Aranha, a companhia quer expandir o mundo do Peter Parker (Tom Holland) fora do MCU (Universo Cinematográfico Marvel). E já anunciou que está desenvolvendo mais filmes relacionados ao herói, como Madame Teia e Kraven, o Caçador.

Mas, mesmo assim, o Teioso vai continuar nas histórias da Marvel. Um pouco confuso essa parceria, né? É que, antes do estúdio Marvel ser criado e lançar a bem-sucedida saga dos Vingadores, a editora de histórias em quadrinhos vendeu os direitos de adaptação de alguns super-heróis para outros estúdios.

É o caso do Homem-Aranha (e personagens relacionados a ele) com a Sony. No entanto, em 2015 Marvel e Sony anunciaram uma parceria para produzir novos filmes do Homem-Aranha, mas o acordo só abrangia os longas protagonizados pelo personagem interpretado por Tom Holland.

Assim, enquanto o Peter Parker de Holland fica com um pé lá e outro cá e participa do MCU, a Sony tenta expandir seu universo com anti-heróis, vilões e heroínas das HQs do Homem-Aranha.

Com a introdução de Morbius (Jared Leto), Venom (Tom Hardy) e até do Abutre (Michael Keaton) no universo da Sony, a vida do Homem-Aranha pode ficar mais complicada com a criação do Sexteto Sinistro. O grupo de vilões das histórias em quadrinhos sempre trouxe muito caos para Nova York e para vida de Peter Parker.

Para a sorte do aracnídeo e de seus colegas Vingadores, esses vilões estão em uma realidade paralela (fora do MCU), como comprovado nas cenas pós-crédito de Venom: Tempo de Carnificina (2021), Homem-Aranha: Sem Volta para Casa (2021) e Morbius. No entanto, a existência do multiverso pode ser a porta de entrada para os personagens nos filmes da Marvel (embora ainda não haja notícias indicando isso).

Mas chega de falar do passado, vamos falar de quem ainda vai chegar no mundo dos heróis da Sony! Dois personagens das histórias em quadrinhos do Homem-Aranha ganharão filmes solos nesta realidade paralela do Peter Parker. A Tangerina te conta mais sobre as próximas produções:

Madame Teia

Dakota Johnson em cena de 50 Tons de Cinza

Dakota Johnson será a Madame Teia no filme da Sony

Divulgação/Universal Studios

Dakota Johnson, atriz conhecida por 50 Tons de Cinza (2015), será a nova heroína na realidade paralela do Homem-Aranha. Enquanto o elenco de Madame Teia não é anunciado, o estúdio confirmou apenas mais uma estrela para a produção.

Sydney Sweeney, a Cassie de Euphoria, estará no filme. No entanto, a Sony ainda não divulgou qual personagem a atriz de 24 anos vai interpretar. No universo do Homem-Aranha, Sydney pode viver a Spider-Gwen, também conhecida como Gwen Stacy, ou até a Gata Negra, Felicia Hardy, uma ladra profissional.

Nos quadrinhos, a Madame Teia se chama Cassandra Webb. A personagem nasceu cega e com uma doença neurológica. No entanto, sua condição lhe concedeu poderes incríveis. Ela tem habilidades psíquicas e consegue prever o futuro.

Por conta de sua doença, ela precisa ficar conectada a um aparelho que tem um formato de teia de aranha (e é por isso que Cassandra é conhecida como Madame Teia). Nos gibis, o Homem-Aranha vai atrás da personagem para descobrir a localização de uma pessoa desaparecida.

Depois de ver os poderes da Madame Teia em ação, as visitas de Peter Parker ficaram mais frequentes. A heroína ajudou o Cabeça de Teia inúmeras vezes durante as histórias em quadrinhos.

Cassandra também cruzou o caminho de Kraven, o Caçador. Mas este encontro foi fatal. A personagem morreu pelas mãos de Sasha Kravinoff, a mulher do vilão.

Madame Teia ainda não tem previsão de estreia.

Kraven, o Caçador

Aaron Taylor-Johnson em cena de Vingadores: Era de Ultron

Aaron Taylor-Johnson, como Pietro Maximoff, em Vingadores: Era de Ultron (2015)

Divulgação/Marvel Studios

O filme Kraven, o Caçador, estrelado por Aaron Taylor-Johnson, já tem data de lançamento programada pela Sony. O vilão do Homem-Aranha vai chegar no dia 13 de janeiro de 2023. Mas quem é esse personagem russo?

Nos quadrinhos, Sergei Kravinoff nasceu em uma família aristocrática da Rússia. Ele usou sua fortuna para ficar famoso… como um caçador. O personagem sempre estava pronto para um desafio e ganhou reconhecimento na África e nos Estados Unidos.

Sua vida mudou quando recebeu um convite do vilão Camaleão. Kraven foi chamado para caçar o Homem-Aranha em Nova York. Mas, para sua surpresa, o alter-ego de Peter Parker venceu a batalha.

Após perder seu primeiro confronto, ele ficou obcecado com o Cabeça de Teia. O alter-ego de Sergei Kravinoff até participou do Sexteto Sinistro para completar seu único objetivo. E, nem assim, conseguiu coletar seu troféu.

Ao contrário de Morbius e Venom, Kraven nunca transitou entre o heroísmo e a vilania. O Caçador nunca desistiu de seu objetivo principal: capturar o Homem-Aranha. Mesmo depois de sua morte, seu legado foi levado adiante por seus dois filhos, Vladimir e Alyosha Kravinoff.

O filme, dirigido por J.C. Chandor (O Ano Mais Violento), conta com Aaron Taylor-Johnson (Vingadores: Era de Ultron (2015) como Kraven, o Caçador, e Ariana DeBose, vencedora do Oscar 2022 na categoria de melhor atriz coadjuvante, no papel da feiticeira Calypso.

Kraven, o Caçador também terá Alessandro Nivola, Christopher Abbott, Fred Hechinger e Russell Crowe no elenco.

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »