Os 50 melhores restaurantes aleatórios do mundo – Cozinha Bruta


Aproveito a divulgação da lista dos 50 Best –lista de restaurantes que inclui a Casa do Porco como 17º melhor restaurante do mundo– para postar meus 50 restaurantes também.

Estou viciado num perfil do Twitter chamado Random Restaurant (“restaurante aleatório”). É um bot (robô) que posta automaticamente restaurantes que constam na base de dados do Google Maps, com as quatro primeiras fotos que aparecem. É uma viagem absurdamente legal pelos cafundós do mundo.

Escolhi, aleatoriamente, 50 restaurantes que me chamaram a atenção por motivos aleatórios. Como todo ranking é um pouco aleatório, já que ninguém é capaz de avaliar tudo o que está aí para ser avaliado.

Vamos à lista, portanto. A ordem também é aleatória. Mentira. Escrevi na ordem em que os lugares apareceram no feed do Twitter. Todos títulos têm link par você se divertir também.

 

  1. Ayam Batar Cak Bud

Bantem, Indonésia

É uma tenda na periferia da capital Jacarta, street food total, vibes de Brasil profundo. Uma foto mostra uma faixa com os desenhos de um galo e de um bagre; outra traz uma pizza, estilão Pizza Hut, com velas de aniversário.

 

  1. Lac Assal

Djibuti, Djibuti

Ponto sofisticado no minúsculo país africano, espremido entre a Somália, a Etiópia e a Eritreia e com comunicação marítima para o Iêmen. Lustres enormes, piscina e pratos com frutos do mar.

 

  1. Piroga de São João

São Tomé, São Tomé e Príncipe

Mais um representante da África, desta vez de uma ilha lusófona no Oceano Atlântico. Come-se salada, algo que pode ser peixe ou frango, um tipo de farofa e alguma coisa frita. Bebe-se suco de caixinha.

/

  1. Santorini

Lindi, Tanzânia

Olha a África aí de novo. A julgar pelo nome, é um restaurante grego. Peixinhos fritos, pasta de algo indecifrável e algum tipo de carne ensopada em molho vermelho. Também tem uma foto de um homem numa piscina.

 

  1. Tip Top Chicken Chop

Selangor, Malásia

Finalmente um lugar com comida que parece ser realmente apetitosa. Barraca de frango nos arredores de Kuala Lumpur, exibe pratos com molhos, ao que tudo indica, furiosos no quesito pimenta.

 

  1. Vintage

 Donetsk, Ucrânia

Sei lá se o estabelecimento é realmente restaurante. As fotos mostram um ambiente com luz negra e espelhos, frango assado, hambúrguer e belas mulheres que parecem ser a real atração do lugar.

 

  1. កូនក្ដាមបុកល្ហុង

Krong Poi Pet, Camboja

Não dá para entender nem o nome do restaurante, mas dá para identificar umas pinças de caranguejo soterradas sob vegetais e algum tipo de molho. A cara da comida é boa.

 

  1. Quinta

Riberalta, Bolívia

Na Amazônia boliviana, quase na fronteira com Rondônia, este lugar exibe um respeitável frango assado.

 

  1. Let’s Pizza

Trípoli, Líbano

As fotos exibem uma pizza com carão de fast food e uma esfiha de zaatar –tempero libanês à base de ervas e gergelim. O mais interessante é descobrir que o conceito de “pizzaria e esfiharia” existe também no Oriente Médio.

 

  1. Box It

Sitra, Bahrein

Numa praça de alimentação de shopping na ilha do Golfo Pérsico. “Box it” significa “encaixote-o”, e as fotos dão a entender que é essa a proposta do lugar. Uma imagem mostra arroz e macarrão enformados como se fossem pudim.

 

  1. Taba Kadji

Diffa, Níger

Na franja sul do deserto do Saara, imagens perturbadoras de um carneiro (acho) assado inteiro e de um homem vestido com se trabalhasse numa planta nuclear.

 

  1. Yellow Cab Pizza

Bandar Seri Begawan, Brunei

As fotos tiradas no sultanato de Brunei, em Bornéu, nos revela que lá a pizza é tão maltratada quanto em alguns rincões do nosso querido Brasil.

 

  1. Submarina California Subs

Dededo, Guam

Aqui a gente descobre que nas Ilhas Marianas alguém se digna a copiar o Subway.

 

  1. Millenium Victory

Montego Bay, Jamaica

Vale pela curiosidade de saber o que é a comida dos rastafáris. Tem uma seção vegetariana e outra que, além disso, não contempla alimentos processados como tofu.

 

  1. Piri Piri Pica

Kèdainiai, Lituânia

“Pica” é pizza em lituano. “Piri piri” é como se chama a pimenta malagueta em Portugal. Nada me tira da cabeça que há um luso a pilotar esse negócio.

 

  1. Dhaka Foods and Sweets

Juba, Sudão do Sul

Você sabe o que se come no Sudão do Sul? Então olhe lá no link. Não dá para identificar todos os componentes, mas há um pilaf (arroz com carne, legumes e especiarias) e uns ensopados assaz atraentes.

 

  1. El Patio de Quesia

Guantánamo, Cuba

A julgar pelas informações deste tuíte, os cubanos andam comendo lagosta.

 

  1. Naboa Cotui

Cotuí, República Dominicana

Na boa, essa coisa que eles chamam de yaha é parecido demais com pastel.

 

  1. Regiões

Cacém, Portugal

A prova máxima de que o brasileiro já exportou para a terrinha o hábito de misturar sushi com macarronada no restaurante por quilo.

 

  1. Grand Roopram Roti Restaurant

Paramaribo, Suriname

Lugar indiano no vizinho mais desconhecido e enigmático do Brasil. Agora, enigma mesmo é a razão por que o ensopado e o roti (tipo de panqueca) estão num prato envelopado num saco plástico.

 

  1. Baraka

Batumi, Geórgia

Belas caftas e outros espetos na brasa.

 

  1. Restaurante Açude

Caxito, Angola

As fotos não mostram nenhuma comida. Só o açude.

 

  1. C-Cheese

Krong Khemara Phoumin, Camboja

O repeteco do Camboja se faz necessário porque este lugar é especializado em queijo quente multicolorido, no padrão do arco-íris.

 

  1. Прадо

Rîbniţa, Moldávia

Achei que já havia visto comida bizarra na vida, mas as esculturas gastronômicas deste lugar na Europa oriental não têm concorrência.

 

  1. Zento

Alzintan, Líbia

O hambúrguer é líbio, mas poderia ser de qualquer biboca do Brasil.

 

  1. Lavonte

Gaspar, SC, Brasil

O primeiro restaurante brasileiro a aparecer no feed é uma pizzaria do Vale do Itajaí, com as previsíveis toneladas de requeijão e o milho em lata.

 

  1. 阿舜牛排

Taipei, Taiwan

Não dá para saber exatamente qual é o conceito gastronômico do lugar, mas as fotos mostram bifes gigantes sobre macarrão, com ovo frito. Gostei.

 

  1. Aparthotel Badinca

Bissau, Guiné Bissau

Aposto que você sempre quis saber que comida é servida nos flats de Guiné Bissau. Agora já sabe: é arroz encaixotado com carne e legumes.

 

  1. Charcuterie Colombia

Kpalimé, Togo

Sei lá o porquê do nome desse lugar. Só sei que lá se come o porco inteiro. Bruto.

 

  1. Cafetaria Lisboa

Saint-Léonard, Canadá

Auténticos pastéis de nata lisboetas no interior canadiano.

 

  1. Wattsan

New Amsterdam, Guiana

Em quantos restaurantes no mundo você pode topar com um peixe-boi nadando de boas? Tem missa também. A comida? Sei lá.

 

  1. Yuka Kaiten Sushi

Baku, Azerbaijão

Que tal comer sushi de salmão no Azerbaijão?

Eu também passo.

 

  1. Fonda Las Delicias

Cidade do México, México

Até que enfim o robozinho nos mostra um restaurante que parece ser seriamente bom. Ou não. Mas está lá desde 1925, o que deve significar algo. Ou não.

 

  1. Família Souza Panificadora

Guarapuava, PR, Brasil

A segunda aparição aleatória do Brasil é de uma padoca no interior do Paraná. Ou seja: é aleatório mesmo.

 

  1. Pizzeria Republika

Bardejov, Eslováquia

Um ponto em comum entre os eslovacos e os brasileiros: lá eles também colocam milho enlatado na pizza.

 

  1. Le Pirate

Monastir, Tunísia

Peixes na brasa e aquário com lagostas vivas na Tunísia. Deu vontade.

 

  1. Wild West Bar & Grill

Ierevan, Armênia

Burritos, tequila e caveira de boi na parede. É isso que você espera encontrar na Armênia? É isso o que temos por hoje.

 

  1. Poradeci

Pogradec, Romênia

A comida é um pouco indecifrável pelas fotos, mas o ambiente fala alto. De que são as peles que cobrem os bancos em volta das mesas?

 

  1. Cloud 9 Restaurant & Hostel

Pakse, Laos

Você viaja até o LAOS e a sobremesa típica é bolo de MARACUJÁ.

 

  1. Cafeteria Alex

Reus, Espanha

Um curioso arranjo de feijões branco numa curiosa linguiça.

 

  1. Shehanshah

Nasirabad, Paquistão

Para quem preza o isolamento, a tranquilidade, comer sob as estrelas, ao ar livre. De noite tem umas luzes bacanas.

 

  1. Maqayada Fartuun

Gaalkacyo, Somália

Enorme surpresa, este restaurantes somali. Coxinhas de frango, pilaf de arroz e até uma pizza bem fornida. Não dá para saber o contexto exato, mas tudo parece ser bom.

(Fiquei desconfiado da pizza, que é uma stuffed pizza ao estilo de Chicago. Dei um Google na foto: é de banco de imagens.)

 

  1. Pollo Campero

Sonsonate, El Salvador

Walter White se sentiria à vontade neste restaurante de frango.

 

  1. Pollo Estrella

Masaya, Nicarágua

Mas… de novo?

 

  1. Maquis Solution

Pala, Chade

Churrascão à moda da África Central. Estou dentro.

 

  1. Bacolod Chicken Inasal

Pampanga, Filipinas

O bolinho amarelo da segunda foto parece cuscuz, mas deve ser outra coisa.

 

  1. Fórum Étterem

Orosháza, Hungria

Um bufê self-service numa cidadezinha no sudeste da Hungria. O que pode dar errado?

 

  1. Car 2 Fast Food

Ulgii, Mongólia

Na Mongólia Ocidental, a 1800 km da capital Ulan Bator, a única pista que temos da comida é uma foto de pães e algum tipo de panqueca. Está mais do que bom.

 

  1. Majestic River

Kinshasa, Congo

Um barco-restaurante no rio Congo. Não dá para entender bem o que é a comida, mas está valendo.

 

  1. Timoté

Praia, Cabo Verde

Para terminar, um lugar cabo-verdiano que serve a batata frita dentro do sanduíche.

 

(Siga e curta a Cozinha Bruta nas redes sociais.  Acompanhe os posts do Instagram, do Facebook  e do Twitter.)



Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »