Tecnologia

O que causa enjoo de ressaca? Tem como curar?

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


Se você é um festeiro de primeira, é bem possível que já tenha sofrido com as consequências negativas que acompanham o dia seguinte de uma bebedeira: a temida ressaca, conhecida por deixar dores de cabeça, enjoo e mal estar. Mas a boa notícia é que existem algumas formas de lidar com essa condição.

Antes de tudo, é preciso entender que o que causa a ressaca são os congêneres, ou seja: subprodutos químicos do processo de fermentação do álcool (como metanol, isopentanol e acetona), encontrados principalmente em bebidas como vinho tinto, conhaque, bourbon, uísque e cerveja.

Destilados mais escuros, como o bourbon, que tendem a ter níveis mais altos de congêneres do que os destilados claros, podem piorar os sintomas da ressaca para algumas pessoas. Além disso, os sulfitos — compostos que são adicionados ao vinho como conservantes — podem causar a famosa dor de cabeça depois de beber vinho, em pessoas que sejam sensíveis à substância.

O que é ressaca

Segundo o National Institute on Alcohol Abuse and Alcoholism, a ressaca pode variar de pessoa para pessoa, e os sintomas mais comuns incluem:

  • Fadiga
  • Fraqueza
  • Sede
  • Dor de cabeça
  • Dores musculares
  • Náusea
  • Dor de estômago
  • Vertigem
  • Sensibilidade à luz e ao som
  • Ansiedade
  • Irritabilidade
  • Sudorese
  • Aumento da pressão arterial

A organização menciona que vários fatores podem contribuir para a ressaca, como o álcool, suprimindo a liberação de vasopressina, um hormônio produzido pelo cérebro que envia sinais aos rins, fazendo assim com que eles retenham líquidos. Como resultado, o álcool aumenta a perda excessiva de líquidos, o que intensifica os sintomas.

As pessoas podem adormecer mais rápido depois de beber álcool, mas o sono é fragmentado, o que gera a fadiga, além de uma perda de produtividade. O álcool também irrita diretamente o revestimento do estômago e aumenta a liberação de ácido, o que leva a náuseas e desconforto estomacal, ou seja: o famoso enjoo de ressaca.

Por sua vez, a bebida alcoólica também aumenta a inflamação no corpo, contribuindo para o mal-estar e desempenhando um papel nos sintomas da ressaca. O instituto também comenta que o metabolismo do álcool cria o composto acetaldeído, um subproduto tóxico que contribui para a inflamação no fígado, pâncreas, cérebro, trato gastrointestinal e outros órgãos.

i586110 Vision Art NEWS
Especialistas esclarecem que causa e como curar enjoo de ressaca (Imagem: LightFieldStudios/Envato)

O que é bom para ressaca

Um estudo publicado na revista científica Addiction sugere que cravo, ginseng vermelho e suco de pera podem reduzir o desconforto durante a ressaca. Já o ácido tolfenâmico (um analgésico anti-inflamatório), o piritinol (vitamina B6) e o aminoácido L-cisteína trouxeram alguns benefícios. No entanto, a conclusão da ciência é que não há uma cura para a ressaca.

No entanto, para ajudar a aliviar os sintomas, algumas pessoas recorrem a bebidas esportivas ricas em eletrólitos, buscando tratar o desequilíbrio eletrolítico causado pelo aumento da micção e perda de líquidos como resultado da bebida.

Como curar ressaca

As substâncias podem até ajudar a aliviar o desconforto, mas não há nada cientificamente comprovado. Dito isso, não há como acelerar a recuperação do cérebro do uso de álcool — tomar café, tomar banho ou tomar uma bebida alcoólica na manhã seguinte não deve curar uma ressaca.

Fonte: National Institute on Alcohol Abuse and Alcoholism, Addiction

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEPTAR
Aviso de cookies
Translate »