O Napoli padece, mas preserva a liderança do Italiano de 2021/2022 – Prisma

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS



Pelas suas colocações na tabela e pela história recente dos quatro clubes, parecia mais complicada a missão do líder Napoli, diante do Sassuolo, na Emília-Romagna, do que a tarefa do Milan, o vice, em visita ao Genoa, na Ligúria. O Sassuolo briga por uma vaga nas competições da Europa e o Genoa batalha para se manter na Série A. Também na Itália, porém, o Futebol é uma caixinha de surpresas, tudo pode acontecer. Especialmente nesta “infrasettimanale”, a rodada de número 14, ensanduichada de terça até quinta, da última data de Novembro às primeiras de Dezembro, e numa Itália bem assustada com a Ômicrcon da Covid-19. Pode tudo, como o óbvio triunfo do Milan. Mas, também como o sufoco que o Napoli viveu para escapulir sem a derrota e, assim, ainda preservar a sua magra primazia.


Eis como transcorreram os cotejos da quarta, dia 1º:



SASSUOLO (19/12º) 2 X 2 NAPOLI (36/1º)

Sassuolo, MAPEI Stadium

Gols: Scamacca, Ferrari X Fabián Ruíz, Mertens

Sem Maradona na camisa, aliás, integralmente fardado de vermelho, o Napoli padeceu bastante como o visitante do ótimo e consciente elenco do Sassuolo. Impressionante a forma como os pupilos de Alessio Dionisi avançam com cinco ou seis jogadores e, rapidamente, retornam à defesa para a proteção da área do arqueiro Consigli. No “Burro” da Terra da Pizza, sem o nigeriano Osimhen, lesionado e no estaleiro provavelmente até Fevereiro, o controvertido Luciano Spelletti de novo recorreu a Dries Mertens como o seu “falso nove”, astro dos 4 X 0 do domingo diante da Lazio. Não funcionou. Especialmente porque pipocou, na obrigação de municiar, o talento de Lorenzo Insigne.



Spalletti não hesitou. No intervalo, trocou Insigne por um volante agitado, Elmas. E o Napoli subitamente melhorou e, aos 51’, anotou 1 X 0 num lance que Elmas iniciou e o eficientíssimo Fabián Ruíz completou com um petardo de fora da área. Mertens duplicaria aos 59, depois de tabelar com Zielinski. Imperdoavelmente, o “Burro” parou de se movimentar, se acomodou no gramado, e permitiu que o Sassuolo diminuísse, aos 71’, um cruzamento do helênico Kyriakopoulos até o peito de Scamacca, um nove típico. Scamacca amorteceu a pelota, esperou que caísse no seu pé direito e virou, infalível, 1 X 2. O castigaço do Napoli aconteceria aos 89, quando Berardi cobrou uma infração da intermediária justinho na testa do capitão Ferrari, 2 X 2. Claro que Spalletti reclamou e foi expulso pelo árbitro Ivano Pezzutto. Que ainda invalidou, corretamente, o gol dos 3 X 2 do Sassuolo. Alívio do “Burro”, ainda líder.



GENOA (10/18º) 0 X 3 MILAN (35/2º)

Gênova. Stadio Luigi Ferraris

Gols: Ibrahimovic, Junior Messias/2

Numa tentativa desesperada de estruturar alguma rota de fuga do risco letal do rebaixamento, a diretoria do Genoa caçou na Ucrânia, em 7 de Novembro, o treinador Andriy Shevchenko, que havia abandonado o posto de comando da seleção de sua pátria meses antes, em Agosto. Sim, ele, o Sheva que brilhou na ofensiva do Milan por quase uma década, entre 1999 e 2009. Pois foi Zlatan Ibrahimovic, o seu substituto no ataque do “Diavolo”, quem cravou 1 X 0, logo aos 10’, na cobrança impecável de uma falta. Daí, aos 46’, o mineiro Junior Messias, que já havia brilhado como o grande salvador do Milan diante do Atlético de Madrid, na Champions League, produziu os 2 X 0 numa testada meio sem ângulo porém certeira e indefensável.



Fantástica a história de Junior Walter Messias, nascido em Belo Horizonte, 13 de Maio de 1991, sem qualquer chance nas categorias de base do Cruzeiro. E ele acabou por se instalar na Itália, em 2011, com mulher e filho, a convite de um irmão, que trabalhava em um hospital de Turim. Batia bola nas horas vagas, se transformou num entregador de mercadorias, com uma bicicleta, e apenas em 2016 se federou, no Casale da Série D. Atuava pelo Crotone, quando Stefano Pioli, treinador do Milan, pediu a sua contratação. Deu muito certo. Inclusive porque, aos 61’, lhe coube ampliar, 3 X 0, tiro de direita, da mesma posição diagonal, ao receber um passe de Brahim Díaz.




INTER (34/3º) 2 X 0 SPEZIA (11/17º)

Milão, Stadio Giuseppe Meazza

Gols: Gagliardini, Lautaro Martínez

Nada adiantou a retranca vergonhosa armada pelo treinador do Genoa, o ítalo-brasileiro Thiago Motta, que atuou pela Inter de 2009 a 2012 e que inclusive chegou à seleção “Azzurra”. Paciente, sempre à espera do espaço necessário, a equipe de Simone Inzaghi abriu 1 X 0 aos 36’ depois de Lautaro Martinez, com um precioso toque de calcanhar, colocar Gagliarini livre para o arremate no meio da área do “Grifone”, o leão alado da Ligúria. Os 2 X 0 surgiram de um penal, a mão na bola de Kiwior, no desvio de um petardo de Lautaro, aos 58. Ele mesmo, Lautaro, converteu, o seu oitavo tento no certame, o terceiro da marca fatal. E o placar de 2 X 0 foi escasso, em relação à superioridade absurda da Inter.


BOLOGNA (24/8º) 1 X 0 ROMA (25/5º)

Bolonha, Stadio Renato Dall’Ara

Gols: Svanberg




Jogos desta quinta-feira, 2 de Dezembro:


TORINO (17/13º) X EMPOLI (19/11º)

Turim, Stadio Olìmpico Grande Torino


LAZIO (21/9º) X UDINESE (15/14º)

Roma, Stadio Olìmpico




Jogos realizados na terça-feira, 30 de Novembro:


ATALANTA 4 (31/4º) X 0 VENEZIA (15/16º)

Bérgamo, Gewiss Stadium

Gols: Pasalic/3, Koopmeiners


FIORENTINA 3 (24/6º) X 1 SAMPDORIA (15/15º)

Florença, Stadio Artemio Franchi

Gols: Callejón, Vlahovic, Sottil X Gabbiadini


VERONA 0 (20/10º) X 0 CAGLIARI (9/19º)

Verona, Stadio Marcantonio Bentegodi


SALERNITANA (8/20) 0 X 2 JUVENTUS (24/7)

Salerno, Stadio Arochi

Gols: Dybala, Morata




Inaugurada em 21 de Agosto e com o desfecho previsto para o dia 22 de Maio de 2022, esta edição da Série A do Futebol da Velha Bota, a 120ª na História do Calcio, a 90ª desde a implantação do campeonato de pontos corridos e em turno e returno, até agora já exibiu 148 partidas e 445 gols, média de 3,01. Seus principais artilheiros: Vlahovic (Fiorentina), com 12 tentos. Ciro Immobile (Lazio), com 10. Simeone (Verona) e Duván Zapata (Atalanta), 9.


Próxima rodada, no sábado, 4 de Dezembro:

NAPOLI X ATALANTA

MILAN X SALERNITANA

ROMA X INTER


No domingo, 5 de Dezembro:

JUVENTUS X GENOA

SAMPDORIA X LAZIO

BOLOGNA X FIORENTINA

SPEZIA X SASSUOLO

VENEZIA X VERONA


Na segunda, 6 de Dezembro:

EMPOLI X UDINESE

CAGLIARI X TORINO



Gostou? Clique num dos ícones do topo para “Compartilhar”, ou “Twittar”, ou deixe a sua opinião no meu “FaceBook”. Caso saia de casa, seja cauteloso e seja solidário, use máscara, por favor. E fique com o abraço virtual do Sílvio Lancellotti! Obrigadíssimo!

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »