O dia em que Gerard Way viu um show do Paramore e mudou a vida de Hayley Williams

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


Hayley Williams, do Paramore, e Gerard Way, do My Chemical Romance
Fotos via Reprodução/YouTube

Como te falamos por aqui recentemente, Hayley Williams lançou nos últimos dias um podcast para falar sobre a história do Emo.

No primeiro episódio de Everything Is Emo (“Tudo É Emo”), a cantora aproveitou para fazer um relato bem interessante sobre a sua relação com o My Chemical Romance, mundialmente conhecido como um dos grandes representantes da fase de ouro do gênero musical.

Por lá, ela comentou:

Tudo é emo. E eu não poderia fazer o primeiro episódio sem incluir essa banda. Você já sabe, já sabe que é o My Chemical Romance. Eles sempre fizeram a coisa deles, simples assim. Sabe, tipo, eu sempre senti que eles eram a exceção certa para o gênero, mesmo que quando muita gente, especialmente os mais jovens pensam sobre o gênero, eles pensam no My Chem.

Sabe, nós tocamos na nossa primeira [Vans] Warped Tour em 2005. E nós estávamos nesse palco realmente bobo, era meio que um caminhão no qual uma espécie de mesa descia e a gente tocava ali, e literalmente balançava enquanto pulávamos por ali de um jeito que não passava confiança. E nós éramos bem recentes [na cena], sabe, nós estávamos realmente nos provando. E algumas semanas depois do início da turnê, nós estávamos em Atlanta.

Nós estávamos cantando, eu acho… nós estávamos tocando tipo, ‘Here We Go Again’ ou ‘Pressure’ ou algo dessas músicas do nosso primeiro álbum, e eu olho totalmente pra minha esquerda — porque, literalmente, nós estávamos no canto do festival, simplesmente enfiados no canto desse lugar bem pequeno — e encostado na grade estava o Gerard Way [vocalista do My Chemical Romance], só assistindo ao nosso show. Tipo, do nada, ninguém pediu, eu não sei se alguém falou a ele que ele deveria, mas ele assistiu a tudo.

E eu sinto que esse foi o primeiro momento em que eu pensei, ‘Nós estamos conseguindo’. Eu estava tão empolgada. E é tão legal pensar nisso agora porque eu tinha 16 anos e, sabe, o My Chem já era gigantesco e eles eram tipo deuses na Warped Tour. Eu sempre me lembro disso e sempre senti que eles só são caras muito doces. Sabe, sei que é estranho dizer isso de uma banda Punk, mas eles são caras muito legais.

Que relato! Para a felicidade de quem quer imaginar melhor essa situação, há uma gravação disponível que mostra algum dos shows do Paramore na Warped Tour de 2005 no YouTube, incluindo uma participação de William Beckett (The Academy Is…) em “Whoa”.

Você pode conferir ao final da matéria ou neste link.

Podcast de Hayley Williams sobre o Emo

A nova atração da icônica artista fala sobre o gênero musical tão marcante em períodos como os Anos 90, 2000 e agora, através de seu revival. O programa de Hayley é uma parceria com a rádio britânica BBC e faz parte da série Back To Back, da BBC Sounds.

Por lá, a ideia é que a cantora lance 20 episódios não apenas falando sobre as origens do Emo como também mostrando sons de bandas e artistas de diversas cenas e épocas do movimento.

Você já pode ouvir o primeiro episódio clicando aqui.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 



Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »