Nostalgia e desejo por viagem guiam sabores do ano, diz relatório – 05/07/2021 – Comida


Se nos últimos meses você sentiu mais vontade de procurar conforto em sabores clássicos —e até nostálgicos—, como algodão doce ou churros, ou de temperos que remetam a outras culturas, como um frango ao molho sweet chilli (a pimenta agridoce), saiba que não está sozinho.

Essas são duas das principais tendências de sabor que surgiram ao longo do último ano. É o que revela o último relatório Global Taste Trends divulgado pela Kerry, empresa multinacional da área de sabor e nutrição.

“A pandemia de Covid-19 certamente teve um impacto no que o consumidor procura”, afirma Pedro Tatoni, gerente de marketing da Kerry para o Brasil e Cone Sul.

Ele explica que, no Brasil, foram dois os caminhos que o público encontrou para lidar com estes momentos de incerteza: um foi buscar alimentos que trazem sensação de conforto e acolhimento; o outro, o que consola a ânsia de não poder viajar. “Caminhos por um lado confortáveis e, por outro, exploratórios.”

“Com isso, temperos como chimichurri e cheddar ficaram em alta novamente. Sweet chilli, de pegada oriental, e páprica também apareceram. Do lado da nostalgia, vimos aumentar a procura por sabores caseiros e nostálgicos, como chocolate ou guaraná”, afirma.

Tatoni explica que o relatório de tendências de sabor é produzido há quatro anos pela Kerry, mas que este é o segundo ano em que ele é divulgado para o público —ele pode ser acessado pelo site da empresa (kerry.com).

O documento mapeia os principais sabores na América do Norte, América Latina, Europa e região da Ásia-Pacífico, Oriente Médio e África, e ressalta como eles variam e viajam através dessas regiões.

Além das macrotendências de sabores chamados de nostálgicos e exploratórios, o estudo avalia o que é chamado de sabores sazonais (alimentos com gosto de panetone que surgem na época do Natal, por exemplo), tentadores e inovadores.

Também aparecem duas categorias que demonstram que há uma preocupação do consumidor com a saúde: a batizada de dulçor aceitável —que, no Brasil, traz produtos adoçados com mel ou xilitol, por exemplo—, em uma tentativa de gerenciar a ingestão de açúcar, e o que foi denominado de “healthy halo”, algo como “aura saudável”.

É o que faz o consumidor escolher o suco verde ou com palavras como “detox” nos corredores do supermercado ou no menu de restaurantes.

“Usamos essa pesquisa nas conversas com nossos clientes para poder fomentar a inovação”, explica Tatoni.

Entre os produtos que a Kerry faz estão aromas e sabores para redes de alimentação e fast-food, como McDonald’s e Burger King. “Esse material dá base para dizer coisas como ‘o tempero tailandês apareceu muito no último ano’”, afirma.

Ou seja: são temas que já estão no mercado e que podem, ou não, cair no gosto do público em geral. “É muito legal ver como os sabores aparecem e como eles se consolidam”, analisa Tatoni. “Ver o que é ‘mainstream’ (algo como ‘popular’) no Brasil mostra um pouco do que é a cultura brasileira”, acredita.

Ele cita o exemplo do chimichurri, que está em uma “crescente evolução”. “Aparecia em uma churrascada, de repente está em uma maionese, em um salgadinho…”, diz.

Outro, é o “sweet chilli”, de sabor agridoce, que aparece em geleias de pimenta. “É algo que não existia na culinária brasileira, mas que tem ganhado força. Acho que conecta com a coisa do dadinho de tapioca”, avalia.


Tendências de sabor no Brasil em 2021

Nostalgia

algodão doce, brigadeiro, brownie, cereja, cookie, churros, groselha e tutti-frutti

Sabores sazonais

cookies & cream, cravo da Índia, maçã com canela e panetone

Sabores tentadores

açaí, beterraba, lemon pepper, pink lemonade, spirulina e piña colada

Dulçor aceitável

açúcar do coco, cacau, canela, mel e xilitol

Exploratórios

crème brûlée, feijoada, guacamole, habanero, limão-siciliano e tiramisu

Sabores inovadores

alho negro, cajá, ginger ale, lichia, moscow mule, romã, umbu e wasabi

Healthy Halo

alho, alho-poró, cardamomo, chá verde, cúrcuma, gengibre, guaraná, hortelã, laranja, limão e manjericão

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original



Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »