Moradores com sintomas de gripe lotam unidades de pronto atendimento de Rio Branco | Acre

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


A busca por atendimento para tratar os sintomas de síndrome gripal tem aumentado significativamente nas Unidades de Pronto Atendimento de Rio Branco (UPAs). Os moradores têm lotado as unidades de saúde em busca de assistência médica contra a gripe.

Dos 492 atendimentos feitos nessa segunda-feira (20) na UPA do 2º Distrito da capital acreana, pelo menos 390 eram de pessoas gripadas. A informação foi repassada pela direção da unidade nesta terça-feira (21).

Dados da Vigilância de Influenza e outros Vírus Respiratórios da Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) mostraram que o estado acreano registrou 11.044 casos de síndrome gripal entre janeiro e o dia 11 de dezembro deste ano.

O número é 17,6% maior do que os casos confirmados no mesmo período do ano passado, quando foram registrados 9.387 casos.

Já no último dia 16, a Prefeitura de Rio Branco fez um alerta para um possível surto de gripe com o avanço da doença no país. As equipes destacam que a melhor forma de se prevenir da doença é tomando a vacina.

Unidades de saúde estão lotadas de pessoas em busca de tratamento contra gripe — Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre

A servente geral Elissandra Lima de Almeida levou a mãe, de 60 anos, e o filho para ser consulta na UPA do 2º Distrito. Ambos estavam com tosse, febre, garganta inflamada, entre outros sintomas de síndrome gripal.

“Minha mãe caiu aqui e tive que chamar uma delas [enfermeiras] para pelo menos medir a pressão dela. Está aguardando, agora saber que horas vai ser [atendida] porque aqui está lotado de gente doente”, lamentou.

Monali Martins de Carvalho também esteve na unidade de saúde em busca de atendimento com a filha. “Está com gripe forte, febre, dor no corpo, dor de cabeça e desde sábado [18] está vomitando. Estava esperando ela melhorar e não melhorou”, disse.

A diretora da UPA, Maria Auxiliadora Vitorino, explicou que dispõe de cinco médicos por plantão. Mesmo assim, ela destacou que o sistema está sobrecarregado devido à alta procura. “Temos por turno entre cinco a sete médicos”, afirmou.

Na UPA da Sobral, os pacientes têm recebido senhas para o atendimento. O gari Jonas da Silva contou que chegou antes das 8h e uma hora depois ainda esperava para ir para a sala de classificação.

“Cheguei passando mal, com tontura, dor de cabeça, febre, gripado e mandaram eu ir para o final da fila no meio do sol gripado”, criticou.

A direção da unidade de saúde atende cerca de 500 pessoas por dia e que 90% delas têm sintomas da gripe. A unidade conta com quatro médicos em cada plantão e cada um atende, aproximadamente 120 pessoas por plantão.

“Desde domingo retrasado [12] teve um aumento bem significativo. Têm dias que atendemos 390 pessoas, teve outro dia que foram 450 pessoas. O aumento está muito grande e estamos ficando muito sobrecarregados porque nossos médicos também estão cansados”, confirmou a diretora da unidade de saúde, Michele Lemos.

UPA do Segundo Distrito e da Sobral tem aumento no número de atendimento — Foto: Arquivo

O médico e diretor Clínico da UPA da Sobral, Fernando Oliveira, orientou que a população fique atenta aos sintomas, que podem ser confundidos com os da Covid-19. O paciente deve seguir alguns cuidados para que o quadro não se agrave.

“Os cuidados são repouso, fazer o tratamento médico correto, usar máscara, higienizar as mãos, evitar aglomeração porque assim como a Covid é transmitida por via aérea. É muito importante não aglomerar”, destacou.

Reveja os telejornais do Acre

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »