Mito: Ferrari proibiu Justin Bieber de comprar seus carros

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


Todo mundo está falando, mas será verdade? Cansada do comportamento indevido do cantor canadense Justin Bieber, a Ferrari o teria colocado numa lista negra, um grupo de pessoas proibidas de comprar carros de sua marca.

Essa situação foi divulgada por jornais italianos (berço da montadora) e, daí, ao resto do mundo. Mas a suposta entrada do ícone pop canadense na lista da Ferrari foi noticiado, no mínimo, já em 2020. O Corriere Motori diz que essa história do Bieber “proibido de comprar carro da Ferrari” vem de antes ainda: 2016.

publicidade

O susposto aqui é porque, na mesma matéria do jornal italiano, há a informação de que a montadora nega a existência dessa lista de banidos. Não foi possível encontrar nada oficial da Ferrari sobre as supostas “personas non gratas”. Nicolas Cage, um dos compradores que aparecem como “banidos” nessas matérias, é na verdade um colecionador de Ferraris, e jamais fez algo com o que Bieber teria feito (abaixo).

Mas o que explica a provável lenda urbana? Existe uma coisa que parece com ela, mas é bem diferente de ser chutado pego pelo colarinho e jogado pra fora de uma concessionária da Ferrari. Existe um programa separado para comprar modelos exclusivos: os hipercarros de edição limitada. Qualquer um pode comprar uma Ferrari F90 ou Roma, mas um Monza SP2, só quem a Ferrari aprova.

Somente proprietários fiéis, donos de múltiplos modelos, que tratam seus carros com respeito, e que não tem uma persona pública vista como constrangedora são aprovados (na real, qualquer um pode ser vetado por pura implicância do diretor de marketing da Ferrari, e muitos processos foram abertos por isso). São coisas como modificar uma Ferrari clássica, um sacrilégio imperdoável.

Enfim, o que é fato é que a Ferrari decide quem compra os exclusivos, mas não existe essa política para modelos de linha. É chegar na concessionária e comprar, como qualquer carro. E não precisa de lista negra quando é um processo no qual cada pessoa é avaliada e todo mundo pode receber um não.

E Bieber quase certamente receberia.

Justin Bieber e sua Ferrari

Ferrari do cantor Justin Bieber customizada
Imagem: Reprodução/Twitter/West Coast Customs

Bieber tem uma história complicada com a Ferrari. Em 2016, o músico canadense, que hoje tem 28 anos de idade, dirigiu bêbado o modelo Ferrari 458 e esqueceu onde o havia estacionado, deixando o carro abandonado.

Bieber teve que procurar o carro por duas semanas e quem acabou encontrando a Ferrari foi um membro de sua equipe.

As modificações que o cantor fez no veículo também não caíram bem para a marca italiana. A Ferrari ganhou uma cor azul, substituindo o branco original, e ganhou um novo sistema de som com 2.000 watts. Toda personalização que ocorre nos carros da montadora deve ser, segundo os princípios Ferrari, feita por quem tenha licença da marca, e ela própria tem um programa para customizar os fábricos na compra.

O cantor recorreu à californiana customizadora especializada West Coast Customs para o trabalho. Nas redes sociais, a empresa chegou a parabenizar Justin Bieber pelo seu aniversário, com direito a imagens da máquina toda trabalhada.

A Ferrari modificada de Bieber (que também já foi autuado por dirigir sem habilitação) foi leiloada pouco tempo depois da personalização. Ferraris limitadas – de novo, só limitadas – são vendidas com uma cláusula que impede que sejam revendidas no primeiro ano. Isso é feito para evitar que alguém torne um negócio comprar esses modelos e revendê-los.

50 Cent, Nicolas Cage e outros nomes proibidos

A lista negra da Ferrari possivelmente ser um mito (ou estar, literalmente, na cabeça de um executivo) não impede que outros nomes sejam adicionados a ela.

O rapper e compositor Curtis James Jackson – o 50 Cent, se o nome não acendeu nenhuma luz – é outra figura supostamente vetada. A imagem da marca teria sido atacada pelo artista em inúmeras ocasiões em suas redes sociais: com direito a comentários inapropriados sobre os carros, até um deles tomando um banho de champanhe.

Nicolas Cage também é citado por um fator delicado e curioso. Por causa de dívidas pessoais, o ator teve que vender sua Ferrari Enzo. Mas a regra só se aplica a carros novos, e a Ferrari de Cage tinha mais de 50 anos.

Nicolas Cage
Imagem: LaCamera Chiara/iStock

Outro rapper listado como no “proibidão” da Ferrari é o americano Tyga, que não fez o pagamento do aluguel de uma Ferrari 458 Spider em 2016. Já o apresentador e influenciador do mundo automobilístico Chris Harris escreveu um artigo que deu a entender que a Ferrari burlava as regras para garantir que seus carros sempre recebessem as melhores classificações de revistas e editores.

A lista continua com Kim Kardashian, Blac Chyna e o pugilista Floyd Mayweather… E pode marcar também Popeye e Pato Donald, porque qualquer um pode adicionar um nome numa lista que sequer tem confirmação de existir.

Leia também:

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Imagem: Kathy Hutchins/Shutterstock

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »