Matheus e Kauan lançam EP e planejam filme sobre história da dupla – 01/07/2021 – Música


São Paulo

Antes da pandemia, Matheus e Kauan mal paravam em casa. A dupla fazia entre 22 e 24 shows por mês. Com a paralisação das apresentações por causa do novo coronavírus, os sertanejos puderam ficar mais com a família e, também, pensar em novos projetos e composições.

A ideia dos irmãos nascidos na cidade de Itapuranga, interior de Goiás, era em 2021 lançar um DVD com 17 músicas inéditas. Mas, com a piora no número de casos e mortes pela Covid-19, resolveram reduzir o trabalho. Assim, lançam na noite desta quinta (1º) o projeto “Expectativa X Realidade”, EP com seis músicas.

“Resolvemos gravar um EP agora justamente pela falta de shows e de tudo. Por mais que uma canção esteja no topo das paradas ou indo bem nas plataformas digitais, o maior termômetro nosso são as apresentações. A gente sente o resultado sempre muito nos shows”, afirma Kauan.

Foi também uma forma de apresentar um novo trabalho para os fãs, “que estão sempre nos cobrando por coisas novas”, acrescenta ele. Das seis músicas do EP, duas foram lançadas no último mês, “Vagabundo”, em parceria com o jovem cantor Zé Vaqueiro, e “Viciado”, que conta com a colaboração de Tierry.

As outras três canções serão apresentadas na noite desta quinta, incluindo a faixa que encabeça o projeto, “Expectativa x Realidade”, música que fala de uma decepção amorosa e que brinca com um meme da internet. “Expectativa: beijar você/ realidade: chorar e beber, até pensei em te esquecer, mas dispensei, fazer o quê?”, diz trecho da letra da música.

As outras faixas são “Não Me Desprendi”, “Perigo” e “Seu Beijo Fez Isso”. Todas elas já são lançadas com clipe. Tudo foi gravado em maio em Goiânia, seguindo os protocolos de segurança para evitar contaminações, afirma Kauan. Em um mês, o vídeo de “Vagabundo” já contabiliza 14 milhões de visualizações no YouTube.

O projeto do DVD segue nos planos da dupla. “Deixamos para gravar mais para o final do ano quando tiver tudo mais controladinho e, se Deus quiser, vai poder até ter público”, diz Kauan. “A gente sempre respeitou tudo desde o começo da pandemia, nos resguardamos, tomamos todos os cuidados possíveis.”

O lado bom da pandemia, segundo afirma o músico, foi ficar mais perto da família. Em julho de 2020, nasceu Arthur, o terceiro filho dele com a mulher, Sarah Bianconili —o casal também é pai de Bernardo e Sophia. Já Matheus é pai de Davi e João Pedro, frutos do seu relacionamento com Paula Aires.

“Foi muito especial acompanhar a rotina em casa, aprender com os meus filhos, ensinar coisas para eles, dividir as tarefas domésticas com a esposa. Teve esse lado especial”, destaca Kauan.

Durante o período, o músico conta que ele e o irmão também aproveitaram para compor e escolher o repertório do novo DVD. O início da dupla foi escrevendo canções para outros artistas, como Jorge e Mateus, Luan Santana, Gusttavo Lima e Cristiano Araújo, morto em 2015.

“A gente compôs muita coisa, ouvimos muita coisa também. Tenho um estúdio aqui em São Paulo, o KZA Studio. Estamos com bastante coisa guardada e pronta, esperando só o melhor momento para lançar.”

Para selecionar o repertório, Kauan afirma que eles escutam em torno de mil músicas de autores de diversas partes do país, desde nome conhecidos até anônimos. “É sempre muito especial e temos muito cuidado com isso em relação às letras, uma preocupação enorme”, afirma.

“Ouvimos de tudo. Tem muita música boa, e tem umas que são ruins também”, completa, aos risos. Kauan diz que por causa do estúdio segue morando na capital paulista, já Matheus voltou para Goiânia para ficar mais perto dos familiares.

Outro projeto que tem sido acalentado há um tempo pela dupla, que comemora 11 anos de carreira em 2021, é gravar um filme. De acordo com Kauan, existem dois formatos entre os planos: um longa de ficção baseado na história deles antes da fama, a exemplo de “2 Filhos de Francisco”, que conta a trajetória de Zezé Di Camargo e Luciano; ou um documentário com depoimentos deles, de parentes e amigos.

“Temos uma história muito bonita e queria muito poder contar isso para o Brasil. Sabemos que não é fácil uma produção dessas, mas temos tudo meio que planejado para ser feito. Não temos data ainda, e estamos estudando o melhor formato”, diz Kauan.

Enquanto a iniciativa não se concretiza, os sertanejos afirmam sonhar com a volta aos palcos. “Estamos muito esperançosos de voltar com tudo, para fazer show com aquela multidão toda, ver a galera cantando.”

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original



Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »