Marilyn Manson participa de culto gospel de Kanye West – 31/10/2021 – Celebridades


Kanye West, 44, convidou o roqueiro Marilyn Manson, 52, acusado por diversas mulheres de assédio, estupro e agressão, para seu culto de adoração e canto gospel neste domingo (31), segundo o TMZ. Eles foram vistos vestindo roupas brancas e orando juntos.

Manson, que estava na frente e ao lado do resto do coro, usava um capuz branco. Ele e West se curvaram um para o outro, tocando as testas e fechando os olhos.

Segundo o TMZ, Manson não era a única pessoa famosa no culto. O cantor Justin Bieber também participou do culto. Ele também pegou o microfone e disse algumas palavras, mas manteve o capuz na maior parte do tempo tentando se esconder.

Internautas compartilharam fotos do culto nas redes sociais. Nos comentários das publicações, eles escreveram que “West está exorcizando Manson”, “Manson deveria estar preso” e “rolê mais aleatório dos últimos tempos”.

Nos últimos meses, diversas mulheres acusaram Marilyn Manson de assédio, estupro e agressão. Ex-noiva do cantor, a atriz Evan Rachel Wood, 33, disse que ele começou a assediá-la quando ela ainda era adolescente. “Ele abusou terrivelmente de mim por anos”, afirmou a atriz.

Também acusaram Manson sua ex-assistente Ashley Walters e a atriz Esmé Bianco, de “Game of Thrones”. Na nova acusação, a mulher, identificada no processo como “Jane Doe”, processa o cantor por danos e uma declaração de que sua conduta infringiu a lei, segundo a revista People.

Além das acusações de abuso sexual em investigação, o músico tem um mandado de prisão pendente contra ele no Departamento de Polícia de Gilford, no estado de New Hampshire (EUA) por duas acusações de agressões ocorridas em 2019.

Em 18 de agosto daquele ano, Manson fez um show no local. De acordo com a polícia, as acusações estão relacionadas a essa apresentação e envolvem um cinegrafista contratado por uma empresa local para gravar o show. Manson teria cuspido no cinegrafista, mas a polícia não detalhou as ocorrências.

O advogado de Manson disse à NBC News que a acusação é “ridícula”, mas que eles estão comprometidos em cooperar com as autoridades. “Não é segredo para ninguém que assistiu a um show do Marilyn Manson que ele gosta de ser provocador no palco, especialmente na frente de uma câmera”, afirmou Howard King.

Sobre as acusações de abuso sexual, Manson se posicionou em suas redes sociais no início de fevereiro. “Obviamente minha arte e minha vida sempre foram ímãs para polêmica, mas essas afirmações recentes sobre mim são horríveis distorções da realidade”, escreveu em seu Instagram.

“Meus relacionamentos íntimos sempre foram totalmente consensuais com companheiras que pensam como eu. Independentemente de como, e por quê, outras estão optando hoje por manipular o passado, esta é a verdade”, completou o artista.



Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original



Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »