News

'Justiça tem que ser feita', diz filho de doméstica morta com facada no pescoço pelo marido em Guarapari

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS



mulher morta 04 01 2023.mov snapshot 00.00.659 Vision Art NEWS
Genizia Gianizelli Machado de 52 anos foi encontrada morta no banheiro da casa onde morava por familiares. Marido da vítima, Adilson Soares de 56 anos, foi preso por feminicídio. Wilgner Machado Storche, filho de Genizia Gianizelli Machado de 52 anos, morta com uma facada no pescoço pelo marido em Guarapari
Reprodução/TV Gazeta
O torneiro mecânico, Wilgner Machado Storche, filho de Genizia Gianizelli Machado de 52 anos, morta com uma facada no pescoço pelo marido em Guarapari, na Grande Vitória, na noite desta terça-feira (3) disse que ainda não acredita na morte da mãe e que espera justiça.
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
O marido de Genizia, Adilson Soares de 56 anos é o principal suspeito do crime e foi preso por feminicídio.
“Não tem como acreditar, né? Como é que você acredita que sua mãe está bem em um dia e no outro dia ela foi esfaqueada por uma pessoa? Eu acho que ele precisa reconhecer o erro dele e precisa pagar por isso”, disse Wilgner.
“A Justiça tem que ser feita, mas a gente nunca sabe o que vai acontecer”, falou.
Genizia foi encontrada por familiares já morta dentro do banheiro da casa onde vivia.
Adilson foi preso logo depois pelo crime de feminicídio.
Familiares contaram que vítima e suspeito moravam juntos há cerca de um ano e ela queria a separação porque Adilson era muito ciumento, mas ele não aceitava.
“Prometia muitas vezes que ia mudar. Ligava arrependido e chorava. Fazia todo um teatro se pode dizer e ela acabou caindo na segunda oportunidade e não teve a terceira”, contou o filho da vítima.
O filho de Genizia e familiares acreditam que ela tenha sido morta por Adilson enquanto tentava sair de casa e dar fim ao relacionamento.
“Pelo que eu soube a chave do carro estava na mão dela toda ensanguentada, então, possivelmente ela tentou sair. A bolsa dela está bem rasgada. Talvez ela tenha saído de casa. Nesse momento pode ter começado a agressão, quando ela anunciou a saída de casa”, disse Wilgner.
O crime
Genizia Machado
Reprodução/TV Gazeta
A vítima, Genizia Gianizelli Machado Santos, foi encontrada por familiares dentro do banheiro da casa onde morava por volta de 19h.
Adilson Soares, suspeito de matar a esposa, foi encontrado se ferindo com uma faca com cortes no pescoço e no pulso e socorrido por familiares para a UPA de Guarapari, onde foi atendido antes da prisão.
Enquanto passava por exames no Departamento Médico Legal (DML) de Vitória na manhã desta quarta-feira (4), antes de ser levado para o presídio, Adilson não quis conversar com a reportagem. O suspeito foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Guarapari.
VÍDEOS: tudo sobre o Espírito Santo
Veja o plantão de últimas notícias do g1 Espírito Santo

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEPTAR
Aviso de cookies
Translate »