Itapemirim diz que cerca de 25 mil tiveram pedido de reacomodação ou reembolso atendido – 20/12/2021 – Mercado

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


A Itapemirim Transportes Aéreos (ITA) informou nesta segunda-feira (20) que a suspensão temporária de suas atividades, anunciada na última sexta, afetou um total de 45.887 passageiros que tinham serviços contratados entre a data do anúncio e o dia 31 de dezembro. Destes, cerca de 25 mil já tiveram pedidos de reacomodação ou reembolso atendidos, segundo a companhia.

Com o objetivo de acelerar o atendimento das solicitações, a ITA adicionou a aba “Reembolso”, que disponibiliza um formulário para solicitação do serviço, em seu site. O prazo de pagamento é de até 30 dias.

A empresa também disponibilizou um chat e número de telefone (0800 723 2121) para atender os clientes afetados pela suspensão, com funcionamento entre 6h e 21h, mas afirma que, por causa da alta demanda, pode haver demora acima do esperado para o atendimento. Inicialmente, a ITA havia disponibilizado apenas um canal de email para solicitações.

A companhia orienta os passageiros a não realizarem check-in online ou comparecerem aos aeroportos antes de contatarem a empresa.

A ITA afirma que clientes que ainda estejam em sua cidade de domicílio com voos programados a partir desta segunda serão atendidos apenas com reembolso integral dos valores pagos nos serviços.

Já os que estão fora do domicílio e que tenham viajado anteriormente com a ITA devem entrar em contato através dos canais de atendimento da companhia para solicitar reacomodação de retorno aos seus destinos de origem.

O Grupo Itapemirim diz que também está utilizando sua empresa de transporte rodoviário, a Viação Itapemirim, para reacomodar passageiros.

A ITA afirma ainda que está trabalhando em sua reestruturação para retomar as operações o mais breve possível.

Nesta segunda, o Procon de São Paulo notificou a ITA pela suspensão dos voos. A entidade exige a realocação dos passageiros em outros voos ou o reembolso imediato de todos consumidores que não conseguirem ser realocados no prazo máximo de cinco dias, segundo Fernando Capez, diretor executivo do Procon-SP. A multa pode chegar a R$ 11 milhões.

A entidade diz ainda que pretende mover uma ação civil pública coletiva por danos morais e materiais contra a empresa.

Sobre a notificação, a ITA afirmou em nota que não tem medido esforços para dar assistência aos passageiros impactados pela suspensão temporária de suas operações e que já recebeu em sua sede os representantes dos órgãos fiscalizadores para prestar todos os esclarecimentos.

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »