Internautas usam redes sociais para denunciar política de isolamento da China

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


A política “zero Covid” da China tem se tornado muito polêmica devido as medidas de isolamento social impostas pelo governo local. Moradores de diversas cidades chinesas tiveram que ficar presos dentro de casa para que o país controlasse a propagação da Covid-19.  

Para criticar e denunciar a postura do governo chinês, diversos usuários estão utilizando do sarcasmo e ironia. No Weibo, uma rede social local, alguns usuários desabafaram de forma sarcástica o quão fantástica é a China. As postagens foram feitas em resposta a um tópico promovido pela própria plataforma sobre violações dos Direitos Humanos nos Estados Unidos

publicidade

Leia também!

Em outra espécie de crítica, internautas uniram forças para colocar o livro “1984”, uma obra de ficção de George Orwell, no topo da classificação do portal Douban, uma plataforma para avaliar e discutir sobre livros, músicas e filmes. O livro de Orwell fala sobre um romance em um sistema de opressão e autoritarismo em que a vigilância é constante.  

Também não são poucas as postagens que desafiam as regras da China e denunciam casos de suicídio, pessoas passando fome e falta de acesso hospitalar. Problemas que parecem ter se agravado com a política de “covid zero”.  

Bandeira da China
Internautas usam redes sociais para denunciar política de isolamento da China. Imagem: TungCheung/Shutterstock

Recentemente, foram relatados casos de protestos em duas universidades da capital chinesa, Pequim. “Fui ensinada, desde a escola primária, que este país pertence ao povo. Mas somos meros escravos”, afirmou um estudante à agência de notícias Lusa. “Estamos cansados de políticas idiotas”, relatou outro estudante.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEPTAR
Aviso de cookies
Translate »