Influencer devolve Tesla porque “não dá para blindar”; mas dá

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


A influencer digital Gabi Brandt chamou a atenção nas redes ao dizer que trocou seu Tesla por causa de um problema bem peculiar: “não ser possível blindar” o veículo. Essa declaração da moça foi dada quando ela respondia a um seguidor no Instagram que falou que sempre pensa nela quando vê um Tesla (que no Brasil, custa algo na casa de R$ 1,5 milhão).

Em sua resposta, Gabi continuou: “e aqui no Rio de Janeiro com as crianças é complicado, né?”. A partir de então, começou todo o barulho. Alguns seguidores não viram com muita empatia esse tipo de “problema”.

publicidade

Aparentemente, ela apagou a postagem de seu perfil no Instagram. Se é verdade, não adiantou: perfis nas redes sociais começaram a questionar essa condição privilegiada da influencer (que estaria sendo “superficial” e “deslumbrada” por causa dessa preocupação). Uma parte enxergou a declaração de Gabi até mesmo como ofensiva. Outros, porém, não viram a situação como sendo tão indelicada e defenderam a moça.

Dava para ter blindado o Tesla, Gabi

Paixões e ódios à parte, o que causa nosso interesse aqui é saber se um veículo Tesla pode ou não ser blindado. E a resposta é: sim (Gabi, parece que você foi enganada).

Pelo menos é o que diz o pessoal da Tesla Brasil, uma empresa especializada em cursos e treinamentos como conversão de veículos a combustão para elétricos e manutenção desses modelos – tendo mais de 1.000 alunos em todo o país. A empresa nos colocou em contato com a Carbon Blindados, que deu informações de como funciona o processo de blindagem e preços para blindar um Tesla.

Conforme explica a Carbon Blindados, o dono do carro envia a documentação pessoal e do veículo para a empresa, que por sua vez envia para o Exército autorizar o procedimento de blindagem do carro. Essa primeira parte dura em torno de 10 dias.

Normalmente, qualquer projeto para blindar um veículo dura no máximo 40 dias. Agora, como um carro Tesla tem muito vidro na carroceria, o projeto é diferente e o tempo de trabalho é maior. Demora mais do que se fosse um Audi, um BMW e outros veículos premium: 60 dias, a um custo por volta dos R$ 105 mil.

Atirando em um Model S

Essa afirmação de que um Tesla pode ser blindado também é reforçada pela empresa americana Armormax, que tem em seu portfólio blindagens em carros Model 3, Model S, Model Y e Model X. Inclusive, há um vídeo postado pelo canal JerryRigEverything, onde um Tesla Model S com blindagem é testado. O youtuber Zack Nelson dispara contra o veículo blindado pela Armormax com uma arma 9 mm. Dê uma olhada:

A descrição dos serviços da Armormax para blindar um Tesla traz todo o compartimento de passageiros blindado com laminados leves de fibra sintética e ligas balísticas endurecidas a ar e tratadas termicamente. Inclui portas, teto, piso, pilares e mais, havendo também técnica para minimizar o peso adicional.

O vidro original é substituído por vidro em camadas, acrílico e laminados de policarbonato. Outro detalhe registrado pela empresa é que a aparência e o design originais do Tesla são mantidos. É possível também realizar outros procedimentos, como inserir proteção no radiador.

Blindar um automóvel adiciona peso. Mas elétricos como os Tesla já são bem pesados. Um Model S pesa 2.250 kg. Como uma blindagem de carro não costuma ultrapassar 200 kg, seria menos de 10% de seu peso. O impacto, na verdade, é menor que num carro convencional.

Leia também:

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »