Hidroavião elétrico comercial promete voos sustentáveis em portos cheios de gente

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


Um hidroavião elétrico que pode flutuar e atracar como barcos, mas também decolar e voar acima da água, está em vias de ser testado para transporte comercial oferecendo, além de conforto e agilidade, segurança para poder ser operado em portos lotados. A cidade de Tampa, com seu grande porto e estuário natural que corre ao longo do Golfo do México, na Flórida/EUA, foi o local escolhido para os testes da aeronave desenvolvida pela Regent, empresa americana sediada em Boston.

avião decolando da água
Imagem: Divulgação/Regent

O planador-marinho (seaglider) apresenta características dos sistemas de navegação de uma aeronave, com a conveniência, manobrabilidade e acessibilidade de um barco. Além disso, sua propulsão é resultado de um processo livre de emissões, em linha com a sustentabilidade necessária dos dias atuais.

publicidade

Já Tampa oferece ótima infraestrutura de docas, clima ameno e apoio das autoridades locais. A prefeita Jane Castor mostra entusiasmo, afirmando que sua cidade será uma das primeiras rotas costeiras servidas por planadores-marinhos em 2025. Um pequeno vídeo da Regent traz um pouco do que pretende com seu hidroavião elétrico.

Planando sobre o mar

A aeronave comercial da Regent em Tampa funcionará iniciando seu trajeto flutuando sobre o casco a partir da doca, enquanto estiver em uma área de hidrovia com um limite de velocidade estrito. Ao atingir cerca de 32 km/h, o veículo sobe em seus hidrofólios retráteis.

Os hidrofólios oferecem tolerância significativa às ondas e maior conforto para os passageiros quando o veículo deixa o porto da cidade lotado, a velocidades entre 32 km/h e 64 km/h. Chegando ao mar aberto, o hidroavião faz uma transição suave para sua asa, retrai a lâmina e acelera a uma velocidade de cruzeiro confortável de 290 km/h por até 290 km de distância, tudo isso enquanto permanece dentro de uma envergadura da superfície da água.

A segurança de voo nessas altitudes é alcançada utilizando um sistema de navegação e controle de última geração, com redundância múltipla. Semelhante a um hovercraft, o veículo voa em uma almofada de ar dinâmica criada pelo ar pressurizado entre as asas e a água.

ilustração renderizada do hidroavião da Regent
Imagem: Divulgação/Regent

Testes do hidroavião começam no começo do ano que vem

O primeiro planador-marinho comercial transportará cerca de 12 passageiros. Um protótipo de pequena escala do planador começará a ser testado já no início de 2022, com voos comerciais programados para iniciar em 2025.

As companhias aéreas que vão operar o hidroavião elétrico deverão definir o preço da passagem. Entretanto, o presidente-executivo da Regent, Billy Thalheimer, afirmou que o transporte será mais acessível do que os voos comerciais regulares.

A empresa planeja desenvolver versões ainda maiores, que podem transportar até 100 passageiros. Além disso, tendo em vista que o desempenho das baterias tende a evoluir ainda mais ao longo dos próximos anos, o planador-marinho deverá ser capaz de aumentar seu alcance e alcançar muito mais longe. Thalheimer pretende anunciar mais detalhes do veículo nos próximos meses.

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal.

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »