Segurança e Privacidade

Hackers que invadiram distrito escolar de Los Angeles fazem pedido de resgate

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


Os hackers responsáveis por atacar o Distrito Escolar Unificado de Los Angeles (LAUSD) fizeram um pedido de resgate em dinheiro para que a instituição recupere seus sistemas.

publicidade

No início de setembro os sistemas da LAUSD foram atingidos por um ataque ransomware. A LAUSD é o segundo maior distrito escolar dos EUA e atende mais de 600.000 alunos do jardim de infância ao 12º ano. O LAUSD atende mais de 1.000 escolas e conta com mais de 26.000 professores.

Em entrevista ao Los Angeles Times, o superintendente Alberto Carvalho confirmou que o pedido de resgate foi feito, porém não revelou a quantia exigida.

Leia mais:

NHS pode demorar até um mês para se recuperar dos ataques de hackers
(Imagem: Gorodenkoff/Shutterstock)

Na última quarta-feira (21), o superintendente mencionou em uma coletiva de imprensa sobre as informações acessadas pelos hackers. “Acreditamos que alguns dos dados que foram acessados ​​podem ter os nomes de alguns alunos, podem ter algum grau de dados de frequência, mas mais do que provavelmente carecem de informações de identificação pessoal ou informações de saúde muito confidenciais ou informações de número de seguro social”, disse Carvalho aos repórteres.

Analistas de segurança dizem que ataques como esse sofrido pela LAUSD tem sido comuns em escolas e distritos escolares norte-americanos. “A única coisa incomum deste ataque é que envolveu o segundo maior distrito escolar do país. Além disso, incidentes como esse infelizmente são muito comuns” disse Brett Callow,  analista de ameaças da empresa de cibersegurança, Emsisoft, ao Los Angeles Times. “Já este ano, outros 25 distritos com 425 escolas entre eles se encontraram na mesma posição que o LAUSD.”

A Agência de Segurança Cibernética e Infraestrutura (CISA na sigla em ingês) vinculou o ataque ao LAUSD ao grupo ao grupo cibercriminoso, Vice Society, e o grupo assumiu a autoria pelo ataque ramsonware.

De acordo com a reportagem do Los Angeles Times, o site DataBreaches, que rastreia ataques cibernéticos, detectou que um escritório municipal de educação da Califórnia – possivelmente o LAUSD – pagou recentemente um resgate de US$ 400 mil.

Com informações de The Verge, TechCrunch e Los Angeles Times

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEPTAR
Aviso de cookies
Translate »