Funcionários de empresa que presta serviços à Refinaria Landulpho Alves encerram protesto e aceitam acordo | Bahia


Os funcionários de empresa que presta serviços à Refinaria Landulpho Alves (RLA), em São Francisco do Conde, região metropolitana de Salvador, que protestavam desde terça-feira (8), em frente à sede da refinaria, por pagamento de salários atrasados, encerraram a manifestação no início da noite desta sexta (11) e aceitaram um acordo.

Segundo os manifestantes, o protesto foi encerrado às18h após o final da reunião, que foi iniciada na manhã desta sexta, por videoconferência, com a participação de metalúrgicos e representantes da empresa.

De acordo com os funcionários, foram lançadas ao menos três propostas para a empresa, mas nenhuma as primeiras não foram aceitas.

A proposta que foi aceita pelos manifestantes é a seguinte: pagamento da rescisão em cinco parcelas, sendo a primeira de 12% do valor e as seguintes de 22%.

Durante o protesto, o grupo chegou a bloquear o trevo da BA-523 e fechou as duas vias de acesso à RLA. Segundo os manifestantes, foi liberada somente a passagem de petroleiros da Petrobras, para os serviços de manutenção.

Durante o protesto, os funcionários chegaram a se ajoelhar no chão e fazer uma oração. Acampados, os manifestantes usaram um posto de combustível para tomar banho e se alimentaram por meio de doações que receberam.

Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.

Assista aos vídeos do G1 e TV Bahia 💻

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original



Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »