Flamengo passa sufoco, mas vence Ceará e adia título do Atlético-MG – Esportes

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS



Ainda não será nesta terça-feira (30) que o torcedor do Atlético-MG comemorará o título do Brasileirão após 50 anos. O Flamengo venceu o Ceará por 2 a 1, no Maracanã, se recuperou após a doída derrota na final da Libertadores para o Palmeiras e ainda sonha com o título nacional.


Agora com 70 pontos, o time carioca está 8 atrás dos mineiros, com três jogos a serem disputados no torneio. Caso o Galo vença o Bahia, na quinta, ele confirma a taça. Já o Rubro-Negro joga na sexta, contra o já rebaixado Sport. O Ceará, estacionado nos 49 pontos, atua no domingo, em duelo direto por vaga na Libertadores contra o América-MG.


Torcida ‘abraça’ e Fla tem início arrasador


Após a derrota no Uruguai, o Fla, apoiado pela torcida, mostrou que queria dar uma resposta. De tanto morder, abriu o placar logo aos 2. Diego desarmou Fabinho no campo de ataque, e a bola sobrou com Gabigol, que não perdoou.



Com a vantagem, os cariocas seguiram dominantes em campo, buscando o ataque o tempo todo. Bruno Henrique teve um gol corretamente anulado, enquanto Gabigol passou perto de marcar em outras três oportunidades. O Ceará só teve uma boa chegada, com Mendoza.


Cariocas ‘cansam’ de perder gols e levam empate


Na volta para o segundo tempo, o Flamengo baixou um pouco o ímpeto, mas seguiu perdendo chances. Aos poucos, porém, os visitantes foram arriscando mais. E o empate saiu aos 25. Yony González bateu cruzado, Hugo Souza, que entrou no intervalo após Diego Alves sentir dores, deu rebote e Rick apareceu sozinho para mandar para as redes.


Título adiado


O gol era suficiente para tirar qualquer chance do Fla ser campeão brasileiro e “dava” o título ao Atlético-MG. Mas a situação durou pouco. Os cariocas voltaram a pressionar. Aos 31, João Ricardo fez ótima defesa em chute de Gabigol.


Pouco depois, Michael cruzou, Bruno Henrique ganhou a disputa e Matheuzinho chegou batendo forte, para fazer 2 a 1.


O Flamengo então passou a administrar a vitória e ainda perdeu uma chance clara com Andreas Pereira já nos acréscimos, mas o resultado lhe garantiu ao menos alguma esperança de ser campeão brasileiro.


FLAMENGO 2 X 1 CEARÁ


Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Hora: 20h (horário de Brasília)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Jean Marcio dos Santos (RN) e Lorival Candido das Flores (RN)
VAR: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Cartões amarelos: Gabigol, Éverton Ribeiro, Thiago Maia, Ramon, Gustavo Henrique, Bruno Henrique (FLA); Lima (CEA)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Gabigol, aos 2 minutos do primeiro tempo (FLA); Rick, aos 25 minutos do segundo tempo (CEA); Matheuzinho, aos 33 minutos do segundo tempo (FLA)
Flamengo: Diego Alves (Hugo Souza), Matheuzinho, Gustavo Henrique, Leo Pereira (Bruno Viana) e Ramon; Andreas Pereira, Thiago Maia e Diego (Arrascaeta); Éverton Ribeiro (Michael), Bruno Henrique e Gabigol. Técnico: Maurício Souza (interino)
Ceará: João Ricardo, Igor (Airton), Luiz Otávio, Messias e Bruno Pacheco; Fabinho, Fernando Sobral (Cléber), Fabinho (Marlon), Kelvyn (Rick), Lima (Jorginho), Mendoza e Yony González. Técnico: Tiago Nunes


Lembre times do Atlético-MG que bateram na trave no Brasileirão


Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »