‘Família Soprano’: Veja os mafiosos que estarão no filme prelúdio da série – 01/10/2021 – Cinema e Séries



The New York Times

No mundo de “Família Soprano”, existe a família e existe também “a família” —os laços profundos e bem estabelecidos com a máfia que fazem de todos os integrantes do crime organizado ítalo-americano membros de uma mesma família espiritual.

Ao longo de seis temporadas, o aclamado drama da HBO nos apresentou a algumas dezenas de membros da poderosa família criminal DiMeo, de Nova Jersey, entre os quais o brilhante e fascinante líder do clã, Tony Soprano, e seus diversos tios, primos, rivais e amantes, que ajudam a dar forma ao envolvente, perigoso e volátil drama que é a vida do personagem principal.

O filme “The Many Saints of Newark” é uma prequela, passada cerca de 30 anos antes do início da história de “Família Soprano”, no final da década de 1960, e cobre um período de cerca de meia década.

Descrita como história de origem de Tony Soprano, a trama na verdade gira principalmente em torno de Dickie Moltissanti, um grande amigo e associado da família que, vendo muito potencial em Tony, toma o jovem sob sua proteção.

“The Many Saints of Newark” é um presente para os fãs dos Soprano, repleto de referências sutis ao folclore da série e de respostas a perguntas duradouras, e é uma delícia ver versões mais jovens daqueles rostos tão conhecidos.

Mas o filme não faz um grande esforço para explicar os personagens e os seus relacionamentos aos espectadores não iniciados e, se já faz algum tempo que você reviu “Família Soprano” pela última vez, talvez seja difícil enquadrar cada um dos membros da família.

Apesar de ainda não ter data de estreia no Brasil, o filme chega aos cinemas americanos e no HBO Max, também nos Estados Unidos, nesta sexta-feira (1º). Por isso, segue um guia sobre quem é quem no mundo da máfia de Nova Jersey.

Tony Soprano (James Gandolfini, Michael Gandolfini)

“Família Soprano” começa no momento em que um respeitado mas pressionado líder da máfia em Nova Jersey decide entrar em terapia, por conta de uma série de ataques de pânico cada vez mais severos.

Em “The Many Saints of Newark”, Tony é um adolescente brilhante e carismático com ambições de entrar na universidade e evitar a vida de crime que será seu destino. Imortalizado por James Gandolfini na série, no filme o papel fica com o filho do ator, Michael.

Dickie Moltisanti (Alessandro Nivola)

No passado um líder admirado e respeitado da máfia de Nova Jersey, Dickie Moltisanti foi assassinado muito antes do momento em que começa a história de “Família Soprano”, sob circunstâncias descritas —mas jamais confirmadas— em uma das subtramas da quarta temporada da série.

Dickie é o protagonista de “The Many Saints of Newark”, e muita coisa sobre a tragédia de sua vida e morte é revelada, e de maneiras que fãs veteranos de “Família Soprano” podem considerar chocantes. Ainda que ele não seja membro da família diretamente, é tratado como irmão por Junior Soprano, e se torna uma figura paterna influente para o jovem Tony.

Christopher Moltisanti (Michael Imperioli)

Nascido mais ou menos no momento em que se passa a trama de “The Many Saints of Newark”, Christopher só aparece no filme por um breve momento, como bebê, em uma cena que prenuncia muita coisa.

Filho de Dickie e primo distante de Carmela, a mulher de Tony, ele é considerado parte da família Soprano, e usualmente é descrito como sobrinho de Tony. Um dos principais personagens da série, Christopher é um daqueles jovens rebeldes e problemáticos, e Tony sonha moldá-lo como protegido –um sonho muitas vezes prejudicado, ao longo da série, pela tendência de Christopher a errar.

Giovanni “Johnny Boy” Soprano (Joseph Siravo, Jon Bernthal)

Giovanni “Johnny Boy” Soprano, o pai de Tony, morreu de causas naturais perto dos 90 anos de idade, antes que comece a história de “Família Soprano”, e é visto na série apenas em forma de flashback.

Um desses flashbacks é reencenado em “The Many Saints of Newark”, com Jon Bernthal agora interpretando o patriarca em lugar de Joseph Siravo, o ator que fazia o papel na série.

Figura importante na máfia, ele passou parte da adolescência de Tony na cadeia, e confiou a Dickie a tarefa de cuidar do menino enquanto ele não saísse.

Corrado “Junior” Soprano (Dominic Chianese, Corey Stoll)

Perpétua pedra no sapato de Tony, Corrado Soprano, mais conhecido como Junior, é o irmão de Johnny Boy e ajuda a cuidar do sobrinho enquanto o pai dele está na cadeia.

Em “Família Soprano”, Junior (Dominic Chianese) é manipulador está sempre em busca de poder, e, na forma pela qual Corey Stoll o retrata em “The Many Saints of Newark”, ele era igualmente impiedoso e faminto de poder quando jovem, o que não deveria surpreender.

O relacionamento dele com Tony sempre foi difícil, desde que Junior expressou dúvidas sobre a capacidade do jovem Soprano de se tornar atleta universitário.

“Hollywood” Dick Moltisanti (Ray Liotta)

O pai de Dickie e avô de Christopher, “Hollywood” Dick, tem uma presença poderosa e ameaçadora em “The Many Saints of Newark”. Embora ele não tenha aparecido ou sido mencionado na série original, suas ações no filme colocam em movimento muitos dos eventos que viriam a definir a história de “Família Soprano”.

Livia Soprano (Nancy Marchand, Vera Farmiga)

A mãe de Tony, interpretada na série por Nancy Marchand, é um dos fatores colossais de estresse que levam Tony à terapia, e em “The Many Saints of Newark” nós vemos a sofrida personagem quando ela ainda tinha um vislumbre de calor humano. Vera Farmiga canaliza a versão mais jovem da matriarca com precisão espantosa.

Silvio Dante (Steven Van Zandt, John Magaro)

Peça fundamental da série, Silvio Dante (Steven Van Zandt) é um dos principais auxiliares e um dos homens de confiança de Tony.

Em “The Many Saints of Newark”, ele é interpretado por John Magaro e trabalha com igual diligência sob o comando de Dickie, e se interessa pelo jovem Tony, que ele considera ter muito potencial. O filme oferece algumas respostas muito aguardadas sobre o cabelo do personagem.

Paulie Gualtieri (Tony Sirico, Billy Magnussen)

Paulie Gualtieri, também conhecido como Paulie Walnuts, é um dos favoritos dos fãs de “Família Soprano”, por seus maneirismos italianos estilizados e sua atitude irreverente.

Como Silvio, Paulie é um leal escudeiro de Tony na série (interpretado por Tony Sirico), e em “The Many Saints of Newark” (interpretado por Billy Magnussen), trabalha em estreito contato com Dickie.

Salvatore “Big Pussy” Bonpensiero (Vincent Pastore, Samson Moeakiola)

“Big Pussy”, um personagem de apelido pitoresco, é outro dos auxiliares de Dickie no filme (interpretado por Samson Moeakiola). Ele vem a se tornar uma figura importante na vida de Tony na série, na qual é interpretado por Vincent Pastore, e sua traição à família é o cerne da trama da segunda temporada de “Família Soprano”.

Janice Soprano (Aida Turturro, Mattea Conforti)

Irmã de Tony e filha de Johnny Boy e Livia, ela é alvo de ressentimento do irmão por ser a menina de ouro da família, mimada e acarinhada. Janice é interpretada por Mattea Conforti no filme e por Aida Turturro na série.

Traduzido originalmente do inglês por Paulo Migliacci

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »
%d blogueiros gostam disto: