Estudo aponta que dieta à base de plantas pode reduzir risco de Covid-19 grave

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


Uma rotina alimentar à base de plantas (ricas em nitratos e antioxidantes) dá o devido apoio à saúde do coração e a nos defender contra infecções respiratórias. Além disso, pode até mesmo ajudar a reduzir os riscos de casos graves de Covid-19, isso de acordo com estudo publicado pela American Journal of Lifestyle Medicine na segunda-feira (2).

A pesquisa realizada, com o intuito de avaliar todos os benefícios dos vegetais e frutas, analisou estudos anteriores e acabou tirando algumas lições aprendidas com o surto de H1N1 que ocorreu em 1918 (a conhecida gripe espanhola). O estudo recente avaliou que, no período da pandemia anterior, os soldados conseguiram ficar mais saudáveis que os civis (no entanto, os indivíduos que consumiam plantas como dieta  tinham uma saúde melhor).

Segundo a primeira autora do texto, Hana Kahleova, os melhores resultados contra a comorbidade surgiram em uma edição do Seminário Teológico Adventista do Sétimo Dia, realizado nos Estados Unidos, onde foram constatados que os participantes mais saudáveis eram aqueles que tinham uma dieta baseada em vegetais, grãos, frutas e nozes. 


Frutas e vegetais Imagem Vision Art NEWS

Pesquisa recente leva em consideração lições tiradas de surto de “gripe espanhola”. (Foto: Reprodução/Onu Brasil)


A pesquisadora atua no Comitê de Médicos para Medicina Responsável de Washington, D.C. e, em parceria com Neal D. Bernard, que também trabalha na mesma entidade, percebeu que as análises mais recentes sobre os impactos nutricionais na Covid-19 também evidenciam resultados favoráveis para o consumo de plantas em dietas. 

Uma pesquisa realizada com cerca de 600 mil integrantes mostrou que os indivíduos que consumiam frutas e vegetais tiveram um risco 9% menor de contrair a doença pandêmica em qualquer nível de gravidade. No caso de Covid-19 grave a diminuição de risco foi ainda maior, com uma porcentagem de 41% para quem consome esse tipo de dieta.   

Uma outra pesquisa mostrou que, em profissionais da área da saúde, os trabalhadores com uma dieta baseada em plantas também levam uma vantagem: os mesmos apresentavam um 73% menor de Covid-19 moderada a grave. Em outra pesquisa recente com trabalhadores de hospitais, Kahleova indica também a vantagem de uma dieta “plant-based” na melhora da qualidade de vida e saúde de tais profissionais, que foram acompanhados durante a primeira onda da atual pandemia, em Washington, D.C.

A pesquisadora afirma: “Com base nas lições de 1918 e na recente pesquisa nutricional sobre a Covid-19, parece provável que uma dieta saudável à base de plantas seja uma ferramenta poderosa para diminuir o risco de Covid grave”, salienta a pesquisadora, em comunicado. “Por esse motivo, a nutrição baseada em vegetais deve ser promovida como uma das principais medidas de saúde pública para reduzir a propagação da doença e combater a pandemia de hoje”.

Foto Destaque: Frutas e vegetais ajudam a diminuir risco de contrair Covid-19 moderado a grave. Reprodução/ NiT



Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »