entenda treta com filme de Gentili

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


O filme “Como se tornar o pior aluno da escola”, produção de 2017 de Danilo Gentili, voltou a ser associado à pedofilia por perfis bolsonaristas na última semana. Além dele, o ator Fabio Porchat também se tornou alvo das acusações.

O apresentador e humorista tem usado as redes sociais para rebater os ataques, Porchat também se pronunciou e o Ministério da Justiça e Segurança Pública chegou a determinar a suspensão da disponibilização, exibição e oferta do longa. Entenda o caso:

Acusação de pedofilia

Os nomes dos humoristas Danilo Gentili e Fabio Porchat ficaram entre os assuntos mais comentados do Twitter com acusações de incentivo à pedofilia pelo filme “Como se Tornar o Pior Aluno da Escola”.

Quando lançado, em 2017, o longa-metragem mirim já havia sido alvo de polêmica por uma cena de cunho sexual que envolve Porchat. Agora, o longa voltou a ser assunto nas redes sociais, dentro de um contexto político, com perfis bolsonaristas e de políticos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) criticando a produção.

Logo no início da polêmica, no Twitter, Gentili disse que sente “orgulho” de ter conseguido “desagradar” em um mesmo nível de intensidade tanto os petistas quanto os bolsonaristas, e falou em “falso moralismo”.

“O maior orgulho que tenho na minha carreira é que consegui desagradar com a mesma intensidade tanto petista quanto bolsonarista. Os chiliques, o falso moralismo e o patrulhamento vieram fortes contra mim dos dois lados. Nenhum comediante desagradou tanto quanto eu. Sigo rindo”, escreveu.

Suspensão e mudança de classificação indicativa

O Ministério da Justiça e Segurança Pública determinou a suspensão da disponibilização, exibição e oferta de “Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola” nas plataformas digitais Netflix, Telecine, Globoplay, YouTube, Apple e Amazon. O despacho foi publicado no Diário Oficial da União.

1 - Reprodução / Diário Oficial da União - Reprodução / Diário Oficial da União

Despacho do Diário Oficial da União sobre o filme “Como se tornar o pior aluno da escola”

Imagem: Reprodução / Diário Oficial da União

Depois da determinação, o ministério também mudou a classificação indicativa do filme — agora apenas para maiores de 18 anos por conter, segundo a pasta, “coação sexual, estupro, ato de pedofilia e situação sexual complexa”. Antes, o filme era indicado para maiores de 14 anos.

Gentili e Porchat se posicionam

Em entrevista a Splash, Gentili voltou a comentar o caso. O humorista disse que o propósito do filme era “retratar o vilão como hipócrita e pedófilo.”

“A frase que resume tanto o livro quanto o filme é: ‘questione antes de obedecer’. O vilão do filme que comete esse ato abjeto é uma sátira aos que posam de moralistas e politicamente corretos em público, mas que escondido fazem essas coisas horríveis. O recado da cena é que não importa a sua idade, você deve sempre questionar antes de obedecer uma ordem. Se não tivessem cortado propositadamente a cena antes de compartilhar, daria para perceber com clareza”, disse.

Já Porchat, em nota enviada pela assessoria de imprensa, relembrou vilões que marcaram alguns filmes e novelas para explicar a cena e o contexto do longa.

Temas super pesados são retratados o tempo todo no áudio visual. E às vezes ganham prêmios!

Filme entre os mais vistos

Em meio às acusações, Danilo Gentili comemorou o sucesso que “Como se Tornar o Pior Aluno da Escola” tem feito na plataforma de streaming da Netflix.

Por meio de seu perfil no Twitter, o artista compartilhou o print que mostra o filme entre os mais assistidos pelos assinantes da plataforma, e debochou ao simular uma risada.

2 - Reprodução / Twitter - Reprodução / Twitter

Post de Danilo Gentili sobre o filme “Como se Tornar o Pior Aluno da Escola”

Imagem: Reprodução / Twitter

Deputado estadual acusado

O deputado estadual André Fernandes, aliado do presidente Jair Bolsonaro (PL) e responsável por trazer à tona a polêmica de pedofilia no filme, teve uma postagem antiga recuperada por Gentili.

No post, o bolsonarista parece ironizar pedofilia. O parlamentar cearense também foi questionado por Porchat.

3 - Reprodução / Twitter - Reprodução / Twitter

Danilo Gentili recuperou publicação antiga do deputado estadual André Fernandes

Imagem: Reprodução / Twitter

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »