Energy Observer 2: empresa francesa trabalha em uma nova geração de navios a hidrogênio

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


O Energy Observer 2 é um novo projeto francês de transporte marítimo baseado em um navio de carga multifuncional de médio porte alimentado por hidrogênio líquido. Com zero emissões, o “laboratório flutuante” está sendo desenvolvido pela mesma empresa responsável pelo primeiro barco certificado movido a hidrogênio, o Energy Observer.

Este primeiro veículo, lançado em 2017, integra uma cadeia completa de produção de hidrogênio usando eletrólise da água do mar. A embarcação consiste em um catamarã que, até o momento, já navegou 48 mil milhas náuticas (89 mil km), realizando demonstrações em mais de 30 países.

publicidade

Leia também:

O próximo passo da empresa é desenvolver um navio cargueiro de última geração que combine recursos de transporte, sendo norteado por zero emissões e dotado de maior autonomia. O navio terá 120 metros de comprimento, 22 metros de largura, um peso bruto de 5 mil toneladas, além de propulsão elétrica de 4 MW e potência da célula de combustível de 2,5 MW. O conceito faz parte de um programa para 2025 da Energy Observer.

Sua velocidade comercial está sendo trabalhada em 12 nós (22,2 km/h) e seu alcance pretendido é de até 4 mil milhas náuticas (7.408 km). Como parte do desafio, o Energy Observer 2 fará a integração de grandes tanques de hidrogênio e o gerenciamento das temperaturas criogênicas.

Além de seu sistema de propulsão elétrica e célula a combustível de hidrogênio, o Energy Observer 2 também será equipado com um sistema de navegação chamado Oceanwings, desenvolvido pela startup francesa Ayro – a mesma responsável pelo sistema de propulsão auxiliar usado no pioneiro Energy Observer.

Primeiro navio Energy Observer
Primeiro Energy Observer, que conta também com recursos como painéis solares de energia – Imagem: Divulgação/Energy Observer

Outros parceiros no projeto são a conterrânea Air Liquide (especialista em hidrogênio), o CMA CGM Group., especialista francês em logística marítima, e a norueguesa LMG Marin para o design naval do veículo. Esta última empresa atua com propulsão descarbonatada (separação do carbonato de cálcio em óxido de cálcio e dióxido de carbono) e desenvolveu a primeira balsa de hidrogênio líquido do mundo, chamada Hydra.

O conceito Energy Observer 2 está sendo apresentado no porto francês de Brest, na cúpula One Ocean Summit (que termina hoje, 11 de fevereiro). Para atingir as metas de descarbonatação, redução de emissões e respeito à biodiversidade do setor, o projeto também deve trabalhar com parcerias envolvendo acadêmicos, cientistas e setores da indústria junto à criação de um instituto voltado para a transição ecoenergética do setor marítimo.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »