Enem 2021: primeiro dia de prova tem 90 questões e redação | Enem 2021


Os candidatos inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 fazem neste domingo (21) o primeiro dia de provas. Serão 90 questões de múltipla escolha divididas entre linguagens, códigos e suas tecnologias e ciências humanas e suas tecnologias. Os estudantes têm ainda que fazer uma redação.

No total, 3.109.762 pessoas se inscreveram para essa edição da prova, menor número registrado desde 2005. Houve ainda uma redução mais acentuada na participação de pretos, pardos e indígenas em comparação com a última edição da prova.

Vale lembrar que a prova de linguagens vem com 5 questões de inglês e 5 de espanhol. No entanto, o candidato só deve responder àquelas referentes à língua estrangeira que ele escolheu no ato de inscrição e passar para o gabarito somente as alternativas correspondentes.

Confira os horários do primeiro dia de provas (horário de Brasília):

  • Abertura dos portões: 12h
  • Fechamento dos portões: 13h
  • Início das provas: 13h30
  • Saída sem caderno de questões: a partir das 15h30
  • Saída com caderno de questões: a partir das 18h30
  • Término das provas: 19h

Considerando que a prova é aplicada simultaneamente para todos os candidatos seguindo o horário de Brasília e que alguns estados brasileiros possuem fusos horários diferentes, é preciso estar atento ao horário de abertura e fechamento dos portões.

Nos estados como Amazonas e Mato Grosso, cujo horário local tem uma hora a menos em relação ao horário de Brasília, a prova também será aplicada uma hora antes. Assim, o exame vai começar às 12h30 no horário local. No Acre, estado com duas horas a menos, a prova será aplicada às 11h30 no horário local.

Para ter acesso ao local de prova, é obrigatório apresentar um documento original com foto. São válidos:

  • RG;
  • Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros e refugiados;
  • Carteira de Registro Nacional Migratório;
  • Documento Provisório de Registro Nacional Migratório;
  • Identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por lei tenha validade como documento de identidade;
  • Passaporte;
  • Carteira Nacional de Habilitação;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social.
  • Caso o documento oficial tenha sido roubado ou furtado, pode ser apresentado o boletim de ocorrência expedido há no máximo 90 dias.

Vias digitais ou cópias autenticadas não serão aceitas.

Álcool em gel será disponibilizado para o candidato higienizar as mãos no local de prova, mas ele também tem a opção de levar o seu.

O uso de máscara é obrigatório e é proibida a entrada do participante sem ela por questões de segurança contra a covid-19. E, pelos mesmos motivos, o aluno pode levar máscara extra para fazer a troca durante o exame, se achar necessário.

O edital do exame prevê que quem estiver com Covid ou outra doença infectocontagiosas não deve comparecer ao local de prova. Nesse caso, o candidato diagnosticado deverá submeter um pedido de reaplicação da prova pelo página do participante em até cinco dias úteis após o último dia de aplicação.

Cartão de confirmação de inscrição

O cartão de confirmação não é obrigatório, mas o Ministério da Educação (MEC) recomenda que o candidato leve uma via impressa. No documento, é possível conferir o endereço onde o exame será aplicado, os horários de abertura e fechamento dos portões, bem como a data de cada prova.

Para o Enem, é obrigatório o uso de caneta esferográfica preta, produzida em material transparente para o preenchimento do cartão-resposta. Lápis, canetas coloridas, borracha não são permitidos.

O candidato pode levar seu próprio lanche, se quiser.

Há uma lista de objetos proibidos no local de aplicação durante a prova. São eles:

  • Telefones celulares e quaisquer equipamentos eletrônicos – estes devem ser mantidos desligados e devidamente guardados no envelope porta-objetos. Caso algum som seja emitido dos aparelhos durante a prova, o candidato será eliminado;
  • Qualquer dispositivo que receba imagens, vídeos ou mensagens;
  • Óculos escuros, bonés, chapéus, viseiras ou gorros;
  • Bebidas alcoólicas e/ou drogas ilícitas.

A aplicação do exame acontece em meio a uma crise no Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pelo exame, que ganhou os holofotes após 37 servidores pedirem demissão de seus cargos. Estes servidores acusaram a diretoria do órgão de, entre outras coisas, tentar interferir na formulação do Enem 2021 para evitar questões polêmicas que eventualmente incomodariam o governo Bolsonaro.

No domingo (28), os inscritos farão a segunda prova do exame, que conta com questões de ciências da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias. Também serão 45 questões de cada área, totalizando 90 itens.

No segundo dia, por não haver redação, o tempo de exame é 30 minutos mais curto (confira o cronograma completo mais abaixo nesta reportagem).

Edição “extra” do Enem 2021

O Enem 2021 vai ter uma edição extra em janeiro de 2022. A aplicação de um novo exame é resultado da determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) para reabertura de inscrições após a queda recorde em número de inscritos.

Com a reabertura de inscrições, o Inep recebeu 280.145 novas inscrições e determinou a montagem e aplicação de um exame diferente em 9 e 16 de janeiro de 2022.

As decisões ocorreram após o MEC decidir que manteria para 2021 a proibição de isenção àqueles que tiveram o direito na edição anterior do exame, mas não compareceram nos dias das provas e não apresentaram um justificativa válida.

Com isso, partidos e entidades acionaram o STF sob o argumento de que muitos candidatos que faltaram ao Enem 2020 estavam, por exemplo, com receio de pegar Covid ou estavam com algum sintoma da doença.

O STF determinou, então, a reabertura de inscrições para quem perdeu direito à gratuidade por não ter comparecido em 2020.

  • Enem presencial e digital: 21 e 28 de novembro
  • 21 de novembro: linguagens, códigos e suas tecnologias e redação; ciências humanas e suas tecnologias
  • 28 de novembro: ciências da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias
  • Abertura dos portões: 12h
  • Fechamento dos portões: 13h
  • Início das provas: 13h30
  • Término das provas 1º dia: 19h
  • Término das provas 2º dia: 18h30
  • Enem para isentos em 2020 e PLL: 9 e 16 de janeiro de 2022

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original



Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »