Enem 2021: hoje é o primeiro dia de reaplicação do exame – Notícias

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS





O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) aplica neste domingo (9) a prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) para inscritos que tiveram isenção em 2020, mas não compareceram nos dias das provas e para candidatos que estavam com Covid 19 ou outra doença contagiosa em novembro. Também será aplicado o Enem PPL —  para Pessoas Privadas de Liberdade ou sob medida socioeducativa.


Os candidatos farão as provas neste domingo e no próximo (16). O objetivo é garantir o direito de os participantes utilizarem o resultado do exame para acessar a educação superior por meio de programas do MEC (Ministério da Educação) como o Sisu (Sistema de Seleção Unificada), o Prouni (Programa Universidade para Todos) e o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil).


As provas têm o mesmo grau de dificuldade e seguem a mesma sequência do exame aplicado em novembro. Neste primeiro dia serão aplicadas as provas de linguagens e ciências humanas e os candidatos terão de escrever uma dissertação. No próximo domingo (16), os participantes respondem a questões de matemática e ciências exatas e da natureza.


Todos os participantes deverão comparecer ao local de prova usando máscara que cobre o nariz e a boca. É recomendado levar máscaras extras caso seja necessário trocá-las. O Inep orienta que os candidatos respeitem o distanciamento.


Os participantes devem levar documento original com foto e caneta esferográfica de material transparente e tinta preta. Todos os objetos devem ficar guardados e o celular deve permanecer desligado. Qualquer emissão de sinal sonoro levará à desclassificação do candidato.


Como nas edições anteriores, os portões serão abertos ao meio-dia (horário de Brasília) e fechados pontualmente às 13h. As provas começam às 13h30 e terminam às 19h. Os estudantes só podem deixar o local do exame após as 15h.





A reaplicação da prova para os isentos em 2020 ocorre após decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que garantiu as inscrições com isenção de taxa a 3 milhões de estudantes que tiveram isenção em 2020, mas não fizeram a prova com receio da pandemia de Covid-19.


O edital do Enem 2021 exigia que os estudantes que tiveram isenção em 2020 e faltaram deveriam apresentar documentos justificando a ausência. Em caso de doença, o participante precisaria apresentar atestado médico para justificar a ausência e ter direito à isenção do pagamento de taxa na edição deste ano.


Após uma ação de partidos da oposição e entidades estudantis, o STF manteve a isenção de taxa desses participantes para a edição de 2021 e a reaplicação do exame.




Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »