DJ é agredido e baleado enquanto trabalhava em bar de São Cristóvão, em Salvador | Bahia

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


Um DJ de 22 anos foi agredido e baleado enquanto trabalhava em um bar na Rua Professor Paulo Filho, no bairro de São Cristóvão, em Salvador, na madrugada de domingo (7). Nesta terça-feira (9), a vítima está internada em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Subúrbio.

O jovem é o Herbert Yitzhak de Almeida Brandão. Testemunhas contaram que ele estava trabalhando no Jota Bar + Petiscaria, quando um homem encapuzado entrou no loca, o retirou do estabelecimento, despiu Herbert e passou a espancar ele.

Depois das agressões, a vítima foi baleada nove vezes, tendo ferimentos nos braços e tórax, além de ter o pulmão perfurado. Um amigo de Herbert, que preferiu não ser identificado, informou que o contratante não prestou atendimento ao jovem: apenas fechou o bar e foi embora.

A polícia ainda não confirmou essa informação. Testemunhas também relataram que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado por uma pessoa que passava no local e viu o DJ muito machucado na rua.

Campanha foi iniciada nas redes sociais para que as pessoas doem sangue para a vítima — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Inicialmente, Herbert foi socorrido para o Hospital Geral Menandro de Faria (HGMF), depois transferido para o Hospital do Subúrbio. O estado de saúde dele é considerado crítico e uma campanha foi iniciada nas redes sociais para que as pessoas doem sangue para a vítima.

O caso foi registrado na 12ª delegacia, que fica no bairro de Itapuã, na tarde de segunda-feira (8). De acordo com a Polícia Civil, a motivação e autoria do crime estão sendo investigadas. Ainda segundo o amigo de Herbert, o jovem não tem envolvimento com a criminalidade, nem tinha inimigos.

Estabelecimento se pronuncia

Depois do crime, o Jota Bar + Petiscaria foi duramente criticado nas redes sociais, por causa da suspeita de negação de socorro a Herbert. Com a repercussão do caso, as atividades no local estão suspensas.

Em uma página do estabelecimento na internet, o proprietário informou que não omitiu socorro e que foi “uma situação de vida ou morte”. Ainda na publicação, o dono do local narrou que fugiu em desespero, junto com outras nove pessoas, para a Delegacia de Itapuã.

Disse também que fugiu para preservar a própria integridade física, enquanto ligava para uma ambulância, que não foi ao local. Também na postagem, o proprietário narrou que esteve no Hospital do Subúrbio para visitar o jovem, e encontrou com a mãe dele. Confira publicação completa abaixo:

Estabelecimento se pronuncia após DJ ser agredido e baleado enquanto trabalhava, em Salvador — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Estabelecimento se pronuncia após DJ ser agredido e baleado enquanto trabalhava, em Salvador — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Estabelecimento se pronuncia após DJ ser agredido e baleado enquanto trabalhava, em Salvador — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Estabelecimento se pronuncia após DJ ser agredido e baleado enquanto trabalhava, em Salvador — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Veja mais notícias do estado no g1 Bahia.

Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻

Ouça ‘Eu Te Explico’ 🎙

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »