Disney inaugura zona da Marvel com treinamento de heróis – 03/08/2022 – Turismo

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


Como parte das comemorações dos 30 anos da Disney Paris, o parque inaugurou no último dia 20 uma nova área, onde antes ficavam as atrações Armageddon e Rock ‘n’ Roller Coaster, inspirada na banda Aerosmith: o Marvel Avengers Campus.

Os 27,5 mil metros quadrados foram apresentados a jornalistas do mundo todo no início de julho, depois de dois anos de preparação —o projeto havia sido mencionado pela primeira vez em 2018 na D23 Expo Japan, reunião bienal de todas as filiais do parque.

Trata-se de uma experiência imersiva em um dos universos de heróis mais famosos do mundo, a começar pelo storytelling convincente e atrativo, que já embarca o recruta, como são chamados os visitantes, em um mundo totalmente paralelo.

O Marvel Avengers Campus tem uma montanha-russa, a “Avengers Assemble: Flight Force”, que vai de zero a 96 m/h em três segundos. A sensação é de uma decolagem de verdade.

Como preâmbulo da atração, algo impressionante. Um “animatronic” incrivelmente realista do Homem de Ferro antecipa a difícil missão que os “heróis do amanhã” estão prestes a abraçar —e quem negaria um pedido de Tony Stark?

A ideia é ajudá-lo a combater os ameaçadores mísseis Kree dentro do Flight Force, carro projetado pelo herói. Tudo isso no escuro, tendo como áudio apenas as vozes do Homem de Ferro e da Capitã Marvel, que também participa da aventura.

A “lenda” por trás do Marvel Avengers Campus, aliás, conta que Tony Stark se deparou esta antiga base da SHIELD em Paris, construída por seu pai, Howard, e a transformou no QG dos Avengers . Viria daí a mistura de estruturas “velhas” com outras mais novas, construídas por Stark.

A segunda atração não fica atrás no quesito surpresa: a “Spider-Man, W.e.b. Adventure” é pura adrenalina para os visitantes. Agora, os aspirantes a herói têm a oportunidade de ajudar o Homem-Aranha a destruir as Spider-Bots, aranhas gigantes que se multiplicaram por causa de um erro no laboratório do jovem Peter Parker.

Dentro do Web-Slinger, carro projetado por Parker, quatro pessoas equipadas com óculos 3D jogam suas teias virtuais.

Tudo é feito com tecnologia de ponta de reconhecimento de gestos —o visitante mira diretamente em telas gigantes, atingindo os inimigos e ganhando pontos. Dá dor no braço? Certamente. Mas, uma vez na Disney, a ideia é se jogar.

Lá fora, na área Avengers, se encontrar com Thor, Vespa, Loki e até Doutor Estranho é coisa corriqueira. Quando não estão salvando o mundo ou fazendo o trajeto até o centro de treinamento, eles passeiam pelo campus e param para tirar fotos, sempre com uma palavra simpática e um sorriso.

Espetáculos com atores franceses e americanos reinterpretando as cenas dos filmes da franquia acontecem nos tetos dos restaurantes.

A F.R.I.D.A.Y., famosa inteligência artificial criada por Tony Stark, vigia o campus e interage com a equipe de super-heróis.

Integrada à fachada do edifício “Avengers Assemble: Flight Force”, o QG dos Avengers, ela recebe os recrutas, garante que nenhuma ameaça surja no horizonte e anuncia as chegadas e partidas dos Avengers.

No quesito comida, o turista pode conhecer o Pym Kitchen, restaurante que propõe tamanhos gigantes e pequenos de pizzas até pretzels e hambúrgueres.

No restaurante Stark Factory, localizado no ateliê dos Avengers, onde os heróis consertam seus equipamentos, pode-se comer pizzas apetitosas feitas em cozinhas abertas. No centro do local fica o Hulkbuster, enorme armadura criada com a ajuda de Bruce Banner para o Hulk.

Os food trucks são boa pedida para uma parada rápida em que se degusta pratos asiáticos ou um hot-dog no estilo das ruas de Nova York.

O complexo tem também uma loja com os últimos artefatos, roupas e acessórios dos super-heróis —assim, o viajante não se sente um reles mortal sem poderes.

A reportagem inclusive encontrou lá as novíssimas Spider-Bots, que mudam de aparência e melhoram suas habilidades de combate como o Homem de Ferro, a Viúva Negra e a Pantera Negra.

A festa de pré-inauguração do Marvel Avengers Campus, em junho, foi vista até nos céus parisienses, com centenas de drones e de pirotecnia, que desenhavam os logos dos heróis em tamanho gigante.

Estrelas como Brie Larson —a nova capitã Marvel no cinema—, Pom Klementieff, Iman Vellani, Les Black EyedPeas, Tony Parker e Raphaël Varane estiveram presentes para uma prévia do esperado universo imersivo.

Catorze heróis apareceram no teto de um dos prédios do parque, ao lado de Bob Chapek, presidente e CEO da The Walt Disney Company, e de Natacha Rafalski, presidente da Disneyland Paris.

O primeiro universo temático da Marvel na Europa —ele já existe nos parques da Disney California e Hong Kong— promete agitar o velho continente. A quem gosta de levar a experiência Disney ao extremo, uma opção é o novíssimo quatro estrelas Disney Hotel New York – The Art of Marvel, inaugurado em 21 de junho.

Com 561 quartos e suítes dedicadas ao Homem-Aranha, Avengers ou super-heróis Marvel, o ambiente aqui é nova-iorquino, a julgar pela quadra de basquete e o bar Skyline com uma (falsa) vista para os arranha-céus da cidade.

Uma armadura do Homem de Ferro em tamanho real e as 350 obras de arte inspiradas nos heróis da franquia criadas por mais de 110 artistas fazem do hotel uma das maiores coleções do mundo de obras de arte da Marvel publicamente disponíveis.

Disney Paris

Ingressos a partir de 56 euros em www.disneylandparis.com.

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEPTAR
Aviso de cookies
Translate »