‘Desesperado’, Trump agora escreve carta para jornal – 28/10/2021 – Nelson de Sá

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


Um ponto em que os jornalistas Glenn Greenwald e Ben Smith concordaram, num debate na revista The Spectator (abaixo), é que o veto a Donald Trump por Facebook e outras plataformas configura “censura”.

Com dificuldade para conseguir espaço até na Fox News, o ex-presidente enviou uma carta para o Wall Street Journal, em resposta a um editorial contrário aos seus questionamentos do resultado da votação para presidente na Pensilvânia.

Listou supostas provas de que “a eleição foi fraudada”.

A própria aceitação da carta passou então a ser criticada, sobretudo pela CNN, apontando a ação “desesperada” de Trump e ouvindo jornalistas de outros veículos, inclusive do WSJ, reagindo à publicação de “desinformação” pelo jornal financeiro.

O WSJ soltou um segundo editorial, ainda mais crítico da “monomania” do ex-presidente, que não aceita a derrota. Desmontou algumas das supostas evidências, mas avisou que era inútil, porque Trump apareceria com outras.

E respondeu aos que criticaram a publicação:

“Quanto aos clérigos da mídia, suas tentativas de censurar Trump não fizeram nada para diminuir a popularidade dele. Nosso conselho seria examinar seus próprios padrões depois que caíram tão facilmente nas falsas alegações de conluio com a Rússia.”

GREENWALD VS. SMITH

Greenwald, hoje no Substack, e Smith, do New York Times, discordaram na SpectatorTV (acima) quanto à instrumentalização, por intermediários democratas, dos arquivos vazados do Facebook.

Para Greenwald, estão tentando controlar o conteúdo da plataforma, o que Smith recusa, dizendo não ter encontrado evidência disso.

TRUMP & BOLSONARO

O destaque online de quinta na Atlantic, revista ligada ao establishment democrata, foi uma crítica à recente nota de apoio de Trump a Jair Bolsonaro, que seria “na verdade apenas um endosso de suas próprias táticas”.

Em suma, “é lógico que na corrida para sua reeleição, que as pesquisas preveem que ele poderá perder para Lula, Bolsonaro desejaria lançar as bases para sua própria reivindicação de fraude eleitoral”. Para a Atlantic, é esse “o legado global de Trump”.

COP, QUE COP?

Às vésperas da COP26, a cúpula da ONU sobre o clima, no Reino Unido, as manchetes de quinta (28) nos principais jornais britânicos, de Telegraph a Times e Guardian, foram para o “embate da pesca” com a França, diante da convocação do embaixador francês pelo governo de Borish Johnson.

Foi também a manchete no francês Le Monde, “França decidiu ‘falar a linguagem da força’ com o Reino Unido”.

DESAPONTADORA, MAS CRUCIAL

A cúpula foi capa na britânica The Economist, reconhecendo que ela deverá ser “desapontadora”, mas também “crucial”. Do editorial:

“Apesar das suas falhas, as COPs desempenham papel decisivo num processo que é histórico e vital: a remoção do limite ao florescimento humano imposto pela dependência de combustíveis fósseis.”


LINK PRESENTE: Gostou deste texto? Assinante pode liberar cinco acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »