Deputada Marjorie Greene perde Facebook, após expulsão do Twitter

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


Após o Twitter ter suspendido permanentemente a conta pessoal da deputada dos Estados Unidos, Marjorie Taylor Greene, por conta da disseminação em massa de informações sobre a pandemia e as vacinas da Covid-19, ela acabou também perdendo acesso ao Facebook.

Diferente da outra plataforma, a penalidade desta vez durará apenas um dia. Segundo alguns veículos norte-americanos como The New York TimesThe Wall Street Journal e NBC News, Greene compartilhou uma captura de tela no Telegram e mostrou uma notificação do Facebook dizendo a ela que não pode postar ou comentar no site por 24 horas. 

publicidade

Um porta-voz da rede social confirmou às publicações que a rede social removeu uma das postagens por violar as políticas, mas que “remover sua conta por causa dessa violação está além do escopo de [suas] políticas”. Sendo assim, a postagem de Marjorie Taylor Greene violou as regras de desinformação sobre a Covid-19 da plataforma de propriedade da Meta.

Porém, o Facebook e o Twitter suspenderam apenas as contas pessoais da deputada, enquanto as contas verificadas do governo seguem ativas. Isso porque Greene postou sobre “quantidades extremamente altas de mortes por vacinas Covid-19” com dados não verificados do Sistema de Notificação de Eventos Adversos de Vacinas (VAERS), o qual declarou que “não foi projetado para determinar se uma vacina causou um problema de saúde” e que “trabalho e avaliação adicionais [de seus dados] são necessários para avaliar uma possível preocupação de segurança”. 

Leia mais:

A deputada Marjorie Taylor Greene é bem conhecida por questionar as medidas de saúde pública que foram colocadas em prática para prevenir a propagação da doença na pandemia. Além dela se opor aos mandatos da vacina, se recusou a usar uma máscara no trabalho.

“O Facebook se juntou ao Twitter para me censurar. Quem nomeou o Twitter e o Facebook para serem as autoridades da informação e da desinformação? Quando a Big Tech decide qual discurso político dos membros eleitos é aceito e o que não é, eles estão trabalhando contra o nosso governo e contra o interesse do nosso povo”, disse Marjorie sobre a sua suspensão do Facebook

Nesse cenário nos EUA, vários políticos de ideologia conservadora reclamam de serem censurados por boa parte das redes sociais. Tanto que o ex-presidente Donald Trump planeja ter a sua própria mídia como uma forma de lutar contra “as grandes empresas de tecnologia do Vale do Silício, que usaram seu poder unilateral para silenciar vozes opostas em América.” 

Fonte: Engadget

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »