Covid: Curitiba segue com repescagens da vacina hoje. Veja mais capitais – Notícias

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS



A vacinação contra a Covid-19 avança em todo o país, e as capitais brasileiras imunizam novos grupos e faixas etárias nesta quinta-feira (3).


A cidade de Curitiba, por exemplo, terá repescagem da primeira dose para crianças de 5 a 11 anos, e também com a segunda dose para quem perdeu a data de aplicação.


A segunda dose também é oferecida a quem tem o agendamento realizado no app Saúde Já, bem como as crianças de 5 a 11 anos que receberam a primeira dose da CoronaVac até 3 de fevereiro.


A terceira e a quarta doses estão disponíveis aos públicos elegíveis – veja abaixo.


Confira como será a vacinação contra a Covid-19 em capitais brasileiras nesta quinta-feira (3):


São Paulo


A prefeitura paulistana continua vacinando as crianças de 5 a 11 anos e, com a vacina pediátrica da Pfizer, as de 5 anos e as imunocomprometidas.


A capital prossegue com a imunização com a primeira dose para crianças de 5 a 11 anos com comorbidades ou deficiência permanente (física, sensorial ou intelectual) e para populações indígenas aldeadas, além do público geral a partir de 12 anos, e a segunda dose para os públicos elegíveis.


Os adultos que tomaram a segunda dose da vacina há pelo menos quatro meses podem receber o reforço do imunizante na capital paulista, bem como os imunossuprimidos que concluíram o esquema vacinal há 28 dias ou mais.


A capital paulista também segue com a aplicação de uma dose adicional em todos aqueles que tomaram o imunizante da Janssen há pelo menos dois meses. Veja mais informações no Vacina Sampa.


Rio de Janeiro


A prefeitura do Rio de Janeiro vacina com a segunda dose crianças de 5 a 11 anos com deficiência ou comorbidade com um intervalo de 21 dias após a primeira. Além disso, o município continua com a primeira dose crianças de 5 a 11 anos com ou sem comorbidades, bem como o público acima dos 12 anos. A segunda dose está disponível para a população elegível, de acordo com a data do comprovante.


O município oferece o reforço a todos os adultos que tenham recebido a segunda dose há quatro meses ou mais. Saiba mais neste link


Belo Horizonte


A Prefeitura de Belo Horizonte aplica a dose de reforço para pessoas de 22 e 24 anos, desde que tenham completado quatro meses desde a segunda dose.


O município também realiza a repescagem da vacinação para os grupos prioritários e faixas etárias anteriormente convocados, seja para a aplicação da primeira, segunda, terceira e até quarta doses – nesse último caso, somente adultos imunossuprimidos. Veja mais detalhes no site da prefeitura.


Florianópolis


A Prefeitura de Florianópolis aplica a primeira e a segunda dose em crianças de 5 a 11 anos, além do público a partir de 12 anos.


A segunda dose também segue sendo aplicada em quem recebeu a primeira da AstraZeneca há 12 semanas, da Pfizer ou Janssen há oito semanas e da CoronaVac há quatro semanas. A terceira é oferecida aos adultos que tomaram a segunda dose até 3 de novembro e imunossuprimidos vacinados até 6 de janeiro.


A quarta dose é aplicada naqueles que receberam a terceira até 3 de novembro.






Curitiba




A capital paranaense realiza repescagem da primeira dose para crianças de 5 a 11 anos, e também faz a repescagem com a segunda dose para quem perdeu a data de aplicação, e a oferece a quem tem o agendamento realizado no app Saúde Já, bem como as crianças de 5 a 11 anos que receberam a primeira dose da CoronaVac até 3 de fevereiro.


Quem tem 18 anos ou mais e recebeu a primeira dose da Janssen até 6 de janeiro também pode tomar a segunda do mesmo imunizante.


Os adultos vacinados com a segunda dose até 3 de podem receber a terceira, bem como imunossuprimidos de 12 anos ou mais vacinados com a segunda até 6 de janeiro. Ainda haverá a repescagem da terceira dose a todos já convocados anteriormente.


A quarta dose será aplicada nos imunossuprimidos de 12 anos ou mais que tomaram o reforço até 3 de novembro.


Goiânia


A Prefeitura de Goiânia aplica a primeira dose em crianças de 5 a 11 anos, além do público acima de 12 anos que ainda não se imunizou. Crianças a partir de 6 anos que receberam a primeira dose até o dia 2 de fevereiro também podem receber a segunda.


A segunda dose da AstraZeneca e a da Pfizer serão aplicadas naqueles que receberam a primeira há oito semanas (até o dia 6 de janeiro), e a da CoronaVac em quem tem data marcada para 3 de março ou em atraso.


A terceira dose será aplicada nas pessoas a partir de 18 anos que receberam a segunda dose até 3 de novembro e em imunossuprimidos com 18 anos ou mais que tomaram a segunda há pelo menos 28 dias (até 2 de fevereiro). Já a quarta dose é destinada aos imunossuprimidos acima de 18 anos com quatro meses de intervalo da terceira dose (até 3 de novembro). Saiba mais neste link

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »