Covid: 74% dos municípios não registraram óbitos nesta semana – Notícias











De acordo com a pesquisa realizada pela CNM (Confederação Nacional de Municípios), publicada nesta sexta-feira (24), 74% dos municípios brasileiros não registraram óbitos por Covid-19 entre 20 e 23 de setembro, o equivalente a 1.830 localidades das 2.461 que fizeram parte do levantamento. Desse total, apenas 5% registraram aumento das mortes.


Quanto aos novos casos confirmados, 25% dos municípios não registraram novas infecções, 30% tiveram estabilidade, 24% queda e 17% aumento.


Além disso, a pesquisa mostrou que cerca de 63% dos municípios brasileiros já estão vacinando adolescentes sem comorbidades contra a Covid-19, outros 37% estão imunizando pessoas entre 18 e 24 anos e apenas 1% está vacinando acima dessa faixa etária. 


Segundo a CNM, 75% dos estados mantiveram a vacinação em adolescentes, contrariando a nota técnica emitida pelo Ministério da Saúde em 16 de setembro, que orientava a não inclusão desse grupo na campanha de vacinação. A pasta voltou a recomendar a vacinação do grupo na última quinta-feira (23). 


Sobre a aplicação da dose de reforço em idosos, 60% das cidades já deram início à recomendação e, entre os que ainda não começaram, 84% dos gestores afirmaram que estão organizando a aplicação da dose extra.











De acordo com a pesquisa, cerca de 78% dos municípios já deram início ao retorno das aulas presenciais, e em 23% deles ao menos uma turma foi suspensa em razão de casos de Covid-19.


Falta de imunizantes


Cerca de 21% dos municípios ficaram sem vacina disponível nesta semana, sendo que 45% deles relataram falta de imunizantes para a primeira dose e 70% para completar o esquema vacinal da população. A segunda dose da AstraZeneca esteve em falta em 96% dessas localidades. 


Variante Delta


A variante Delta foi encontrada em 13% dos municípios que participaram da pesquisa. A fim de evitarem a transmissão de novas cepas, 43% dos municípios ainda adotam medidas restritivas, e 10% exigem comprovante de vacinação para frequentar espaços coletivos.










Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »