Cover de Anitta que tem 6 milhões de visitas no TikTok sonha entrar em reality – 21/06/2022 – Música

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


São Paulo

Com a meta de ganhar em torno de R$ 100 por dia, a cantora Alice de Oliveira Pinto, 26, a Alice K, sai todas as manhãs de sua casa, no bairro de Guadalupe, Zona Norte do Rio, para cantar em vagões de trem no subúrbio carioca.

“Já fui para o trem e consegui só R$ 20. Mas as coisas foram melhorando e estabeleci essa meta. Nem sempre eu consigo e muitas vezes as pessoas nem têm dinheiro para contribuir. Mas é dessa forma que hoje eu sustento meus filhos”, explica ela, em papo com o F5. Alice é mãe solo.

Nascida e criada no Complexo do Alemão, Alice recentemente pode sentir mais de perto o peso da fama ao descobrir que um vídeo no TikTok (veja abaixo) no qual fazia um cover de Anitta com “Envolver” ultrapassou 6 milhões de visualizações.

Isso fez com que ela estabelecesse outras metas: a de conhecer a artista que é fã e de entrar num reality musical de TV para poder mostrar seu talento a mais pessoas. A ideia é viver de música e poder fazer “sucesso no Brasil e quem sabe no mundo”.

“E talvez fazer uma música minha virar trilha de novela. Eu também sou compositora, canto e escrevo em inglês”, emenda ela. Por conta do vídeo da música de Anitta, Alice afirma que ficou conhecida nos vagões como “a grávida do metrô” e “a Anitta grávida”, já que ia trabalhar mesmo gestante.

“Na época eu nem assimilava, pois nossos estilos e aparência são diferentes. Mas muita gente falava que as vozes eram parecidas e até me perguntavam se eu estava dublando a música dela”, relembra a artista que também espera que Anitta a chame um dia para conhecer sua casa ou faça um Stories para ela.

Alice começou nesse trabalho de cantar no transporte público em 2016 quando viu três meninos fazendo o mesmo e pediu para cantar “Love Never Felt So Good”, do Michael Jackson. Porém, por problemas pessoais, teve de abandonar a cantoria e voltar ao trabalho de telemarketing. Mas a vontade de soltar a voz permanecia.

No final de 2019 ela ficou desempregada e teve de tomar uma decisão: procurar um novo emprego em 2020 na pandemia ou retomar aos trens dos ramais Japeri e Gramacho da SuperVia. Ela escolheu a segunda opção e não se arrepende.

“Não recebo pensão, auxílio do governo, nada. Graças a Deus, montei uma base de fãs que me mandam pix de vez em quando com valor que podem contribuir. Já recebi cesta básica quando parei de trabalhar. Vários momentos em que quase desisti por não conseguir dar o suficiente para minha família eu recebi ajuda”, diz. “Vou seguir assim, lutando diariamente pelo meu sonho”, finaliza Alice K.



Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEPTAR
Aviso de cookies
Translate »