Corredora Agnes Tirop, recordista mundial, é morta a facadas no Quênia – 13/10/2021 – Esporte


A corredora de longa distância Agnes Tirop, 25, duas vezes medalhista de bronze em Campeonatos Mundiais, foi encontrada morta em sua casa nesta quarta-feira (13).

“Tirop foi encontrada morta em sua casa em Iten depois de ter sido supostamente esfaqueada por seu marido. Ainda estamos trabalhando para descobrir mais detalhes sobre sua morte”, disse o Athletics Kenya, órgão responsável pela modalidade no país, em um comunicado.

No mês passado, Tirop quebrou o recorde mundial feminino de 10 km em prova de rua na Alemanha, cruzando a linha em 30min01. O tempo foi 28 segundos mais veloz do que o recorde anterior, da marroquina Asmae Leghzaoui, de 2002.

A queniana ganhou medalhas de bronze nos Campeonatos Mundiais de 2017 e 2019 na prova de pista de 10.000 m e também venceu o Campeonato Mundial de Cross Country de 2015.

Nas Olimpíadas de Tóquio, ela disputou os 5.000 metros e terminou na quarta posição.

“É ainda mais doloroso que Agnes, uma heroína queniana em todos os sentidos, tenha perdido dolorosamente sua jovem vida por meio de um ato criminoso perpetuado por pessoas egoístas e covardes”, disse o presidente do Quênia, Uhuru Kenyatta, em um comunicado.

“Exorto nossas agências de aplicação da lei lideradas pelo Serviço de Polícia Nacional a rastrear e prender os criminosos responsáveis ​​pela morte de Agnes”, completou.

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »