Construção civil vê dificuldade para contratar mão de obra – 10/10/2021 – Painel S.A.


A CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção) diz que tem sentido gargalos na contratação de mão de obra.

Levantamento feito pela entidade mostra que 77% das empresas estão com dificuldade no recrutamento. A indústria reclama que estão faltando profissionais e qualificação. Diz também que o valor de remuneração pedido está alto.

Segundo a pesquisa, mais de 65% das empresas dizem que está muito difícil contratar mestre de obras, que faz a gestão da construção. Na sequência, aparecem carpinteiro, com 55% das menções, e pedreiro, com 46%.

No caso do recrutamento de serventes, considerados mão de obra não qualificada, 63% das empresas relatam pouca dificuldade.

O presidente da CBIC, José Carlos Martins, diz que o problema está relacionado ao crescimento do mercado e aos novos sistemas construtivos, que exigem profissionais não disponíveis no mercado. Segundo ele, falta capacitação aos trabalhadores.

O fenômeno da escassez de mão de obra atingiu os EUA na pandemia e também preocupa alguns setores empresariais brasileiros, que receiam estar diante de um cenário com alguma semelhança.

A despeito do desemprego elevado, negócios nas indústrias de calçados, confecções, náutica, farmacêutica e até restaurantes relatam diferentes níveis de dificuldade para preencher vagas novas ou reabertas. A avaliação é que os trabalhadores podem ter migrado para outras cidades ou atividades no último ano.​

com Mariana Grazini e Andressa Motter


LINK PRESENTE: Gostou deste texto? Assinante pode liberar cinco acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »