Conheça os diferentes tipos de macarrão japonês e aprenda a fazer lámen caseiro – Marcelo Katsuki

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


O macarrão foi criado na China mas popularizou-se mundo afora quando Marco Polo levou a receita para a Itália. No Japão, o macarrão chegou através dos monges budistas e tornou-se um dos alimentos mais consumidos no país. Lá, os japoneses criaram seus próprios tipos de massa, como o udon, o lámen, o soba e o soumen. O udon era o mais conhecido no Brasil até ocorrer o boom do lámen, com o surgimento de inúmeras casas especializadas no prato. Conheça abaixo as características dos principais macarrões japoneses encontrados no Brasil.

 

macarrao udon Vision Art NEWS

Udon
É um macarrão grosso, de fio bem branquinho, feito com farinha de trigo. Tem o sabor suave mas sua consistência é firme. Costuma ser servido com caldos quentes e finos à base de dashi, mirin (saquê culinário) e shoyu, acompanhados de tempurá, ovo cozido e cebolinha. Também é utilizado no preparo do sukiyaki, onde tem seu cozimento finalizado no molho do prato, ganhando cor e sabor.

 

macarrao lamen piyato Vision Art NEWS

Ramen (ou lámen)
Com fios mais finos que o udon, é feito também com farinha de trigo mas leva ovo e água alcalina, o que confere um tom amarelado e consistência elástica. Sua forma mais comum de preparo é com caldo quente à base de porco, frango ou peixe e temperado com um molho (de missô, shoyu ou sal) que confere o sabor da sopa. A espessura da massa pode variar de acordo com o caldo escolhido. Os acompanhamentos tradicionais são alga, chashu (carne de porco), nori (alga), ovo cozido e cebolinha picada. Também pode ser servido com caldo frio ou mesmo sem caldo.

 

 

macarrao soba piyato Vision Art NEWS

Soba
Massa de fios escuros, resultado do preparo com trigo sarraceno. Essa massa é bastante versátil, podendo ser servida quente, em uma sopa feita com caldo de peixe, shoyu e mirin, ou fria, acompanhada de molho à parte. O Zaru Soba (foto) traz o macarrão sobre uma esteira acompanhado de um caldo frio, com cebolinha, nabo ralado e wasabi.

 

macarrao somen kaorinne Vision Art NEWS

Soumen
Feito com farinha de trigo, água e sal, tem fios claros e bem fininhos. O soumen é geralmente consumido no verão, frio e até mesmo gelado, acompanhado de molho tsuyu com cebolinha e myoga, a flor de uma planta da mesma família do gengibre, bem aromática. Também costuma ser utilizada em sopinhas leves como o missoshiru.

Mais
Outro tipo de macarrão bastante usado é o Harussame, um macarrão transparente, feito a partir de amido, como o de feijão mung ou de fécula de batata, e que pode ser consumido frio ou quente.
Tem ainda o Hiyamugui, semelhante ao soumen mas com espessura um pouco mais grossa e o itokonyaku, um macarrão feito de konjac (tubérculo de origem japonesa), de textura gelatinosa e muito utilizado em dietas por apresentar poucas calorias.

Quer conhecer mais sobre o macarrão japonês? Pois nesse mês, mais de 100 casas em todo o Brasil, entre lojas e restaurantes, estão oferecendo o produto com vendas de diferentes tipos de massas além de itens relacionados, como molhos, caldos prontos e temperos utilizados em seu preparo. Os restaurantes de cozinha japonesa também estão com pratos especiais ou destacando os macarrões em seus menus. É o “Men Matsuri – O mês do macarrão japonês” promovido pela Jetro. “Com a proximidade do verão brasileiro, esta é uma boa oportunidade para experimentar as versões sem caldo ou geladas desses pratos”, afirma Hiroyuki Saito, diretor de Comércio Exterior da Jetro (Japan External Trade Organization), agência japonesa de fomento ao comércio exterior que promove o evento. Clique aqui para ver as casas participantes.

*****

 

shoyu lamen tales hideki Vision Art NEWS

Receita de lámen caseiro (massa)
Por Daniel Hirata, do Hirá Ramen Izakaya
(Rendimento 2,5 kg de massa. Preparo 2h + 1 noite para descansar)

Ingredientes
– 600 ml de água
– 16 g de sal
– 30 g de bicarbonato de sódio
– 1 ovo
– 2 kg de farinha de trigo

 

receita lamen ahirao Vision Art NEWS

Preparo
Em um recipiente, misture a água, o sal, o bicarbonato de sódio e o ovo. Coloque a farinha em uma vasilha grande e adicione a mistura. Misture bem e deixe descansar por 30 minutos. Estique a massa e corte em fios (pode usar uma máquina de macarrão, se quiser). Deixe descansar de um dia para o outro.

Para servir
Cozinhe o lámen em água fervente por 3 minutos, escorra e sirva com o caldo e as coberturas.

Para o preparo do caldo para o Shoyu lámen, clique aqui.

*****

Curiosidades

• O lámen se popularizou mundo afora com sua versão instantânea criada em 1958 por Momofuku Ando, que queria produzir um alimento prático, que ficasse pronto apenas com a adição de água quente.

• O primeiro lámen instantâneo criado foi o “chicken ramen”.

• No Japão, casas especializadas no prato produzem sua versão instantânea para que possam ser apreciadas em qualquer lugar, com resultados surpreendentes.

(Fotos: Marcelo Katsuki/Folhapres, Rubens Kato, Tales Hideki, Piyano, Kazoka, Ahirao e Bonchan/Divulgação)



Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »