Conheça 5 restaurantes que fecharam, mas voltaram a funcionar em São Paulo – 06/01/2022 – Restaurantes

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS


Não é novidade que a pandemia de Covid-19 criou um cenário instável para muitos negócios —em especial para bares e restaurantes, que tiveram que lidar com diversas restrições de público e de horários como medida de combate ao coronavírus.

Com isso, entre março de 2020 e agosto de 2021, quando o governo estadual enfim suspendeu as restrições impostas ao setor, cerca de 12 mil bares e restaurantes deixaram de existir na capital paulista segundo a Abrasel, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes.

Mas é novidade que algumas dessas casas estão reabrindo para receber o público após passar meses completamente paradas ou mesmo fazer anúncios de despedidas definitivas. Conheça, a seguir, cinco endereços que já voltaram ou voltarão a receber o público na capital paulista.

Azucar Club Cubano

Em novembro do ano passado, o bar latino anunciou que entregaria o ponto por causa da pandemia, após 20 anos funcionando no Itaim Bibi. Mas também divulgou que estava à procura de novos investidores. O chamado atraiu um grupo de clientes saudosos que se reuniu, junto a Juan Manuel Troccoli, antigo sócio, para trazer o local de volta à vida noturna de São Paulo. A casa reabriu em dezembro, em novo endereço, mantendo o perfil latino —com aulas gratuitas de dança, por exemplo, que ocorrem às quartas e quintas a partir das 21h30.

R. Aspicuelta, 366, Vila Madalena. Instagram @azucarclubcubano


Corrutela

Foi em abril do ano passado que o restaurante anunciou nas redes sociais que faria uma pausa por tempo indeterminado em razão da instabilidade causada pela pandemia. Anunciou o retorno em novembro, poucos dias antes de aparecer em 90º no ranking latino-americano do 50 Best e receber o troféu de sustentabilidade na mesma premiação. O chef da casa, César Costa, prevê a reabertura para o final de janeiro, após uma pequena reforma. O local manterá a pegada já conhecida pela clientela, com uma novidade: uma adega que destaca os vinhos naturais.

R. Medeiros de Albuquerque, 256, Vila Madalena. Instagram @corrutela


Firin Salonu

Dedicada à gastronomia do Oriente Médio, a primeira casa do chef Fred Caffarena oficializou a pausa em novembro de 2020. “Não é um modelo que funciona bem no delivery”, explicou recentemente à Folha. Durante o hiato, Caffarena se dedicou ao negócio mais novo, o Make Hommus Not War, que entrega versões da pasta de grão-de-bico, e agora também está no Shoshana Delishop, no Bom Retiro. Mas, com o cenário mais otimista, prevê o retorno do Firin para o segundo semestre deste ano.

R. Heitor Penteado, 699, Sumarezinho. Instagram @firin_sp


Jacaré Grill

Inaugurado em 1990 e fechado desde março de 2020, o bar foi resgatado pelo grupo Fábrica de Bares —o mesmo do Bar Brahma e Riviera. Reabriu reformado para o público da Vila Madalena há um mês. Mantém a combinação de cerveja gelada e grelhados no menu, com espetadas e parrilladas, mas ampliou o cardápio com opções de frutos do mar e vegetais e novos drinques na carta.

R. Harmonia, 305, Vila Madalena. Instagram @jacarevilamada


La Peruana

Comandada pela chef Marisabel Woodman, a casa voltou a funcionar em outubro, após pouco mais de um ano de portas fechadas. A princípio, a despedida seria definitiva. “Quando anunciei que fecharia, teve cliente que ficou por meses me escrevendo. Foi bom receber esse carinho, foi o que me motivou a não terminar de vez”, conta a chef. O endereço, a proposta e até parte da equipe do local se mantiveram os mesmos.

Al. Campinas, 1.357, Jardim Paulista. Instagram @laperuanabr



Fonte: Acesse Aqui o Link da Matéria Original

1548234083 file be0b03d8 Vision Art NEWS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se continuar a navegar, dará o seu consentimento para a aceitação dos referidos cookies e da nossa política de cookies , clique no link para obter mais informações. CONFIRA AQUI

ACEITAR
Aviso de cookies
Translate »